A noite de Copa do Brasil foi também a noite dos passes errados



A noite de grandes jogos válidos pela Copa do Brasil teve uma vitória do time da casa, um empate e uma vitória dos visitantes.

É inegável que o Cruzeiro, time que venceu fora de casa, deu o passo mais firme em direção ao próximo passo da competição. A estreia de Cuca já mostrou um Santos mais organizado defensivamente, mas muito dependente – como já era antes – das jogadas individuais de seus homens de frente.

O Cruzeiro sabia bem o que queria do jogo. Viu Fábio fazer uma grande defesa, mas também obrigou a defesa santista a se safar algumas vezes.

Um outro número chamou muito a minha atenção. Foram 95 passes errados no jogo. O Santos errou 57 e o Cruzeiro errou outros 38.

Grêmio e Flamengo fizeram um grande jogo. Vibrante e agitado jogo. Léo Moura fez grande jogada o gol gremista marcado por Luan e Renê fez muito boa assistência para o garoto Lincoln empatar. Nada definido, mas o Flamengo sai cheio de confiança para um segundo jogo.

Se foi vibrante e agitado, foi também recheado de passes errados: 96! O Grêmio foi o responsável por 45 erros e o Flamengo passou mal 51 vezes.

Romero novamente marcou e deu a vantagem ao Corinthians no confronto contra a Chapecoense. O time treinado por Osmar Loss mostrou boa evolução no primeiro tempo do jogo. Rápido e envolvente, o placar deveria ter sido mais elevado na primeira etapa, mas o time novamente não conseguiu manter um padrão e caiu bastante no segundo tempo, quando chegou a ficar 35 minutos sem dar um chute a gol. A Chapecoense volta para Santa Catarina com o placar negativo, mas sabendo que poderia ter sido bem pior.

Sobre os passes errados, foram 93. 52 do Corinthians e 41 da Chape. É óbvio que a característica da competição influencia o número de erros, mas, ainda assim é muito erro em jogos de bons times. Não era para ser assim.



MaisRecentes

A primeira rodada da Premier League



Continue Lendo

VAR do VAR



Continue Lendo

Palmeiras volta a vencer e Galo mostra evolução



Continue Lendo