O que pode representar a chegada de Bryan Ruiz



A imprensa de Costa Rica e também a brasileira já dão como certo. Ainda falta a apresentação, mas tudo indica que Bryan Ruiz vá mesmo assinar contrato com o Santos.

O meia, que já mostrou muita qualidade na carreira, não conseguiu manter a média das últimas temporadas no Sporting e pode render bem no futebol brasileiro. Mas como montar o time com ele?

Tendo como característica marcante o passe, é fácil imaginar que ele deverá ser utilizado como um meia que fará a bola chegar ao ataque. Também é difícil pensar no onze santista sem Bruno Henrique e Rodrygo. Se Jair não abrir mão de Gabriel e o meio continuar com Renato e Diego Pituca, serão muitos os jogadores que não tem tanta vitalidade na marcação. É possível se defender bem só com Bruno Henrique, Rodrygo e Pituca se matando o tempo inteiro?

Todo respeito a Renato e toda a carreira, mas será que ele aguentaria suportar o volume de jogo adversário sem Gabriel e Bryan Ruiz terem poder e disciplina para acompanhar os rivais?

Dá para contar com Ruiz, mas talvez o meio tenha que ter mais força. Um meio com a dupla Alison/Pituca na marcação e pelos lados Bruno Henrique e Rodrygo poderia dar mais certo. Sim, talvez um tradicional 4-4-2, com Bryan Ruiz e Gabriel tendo menores preocupações defensivas.

A posição do Santos na tabela de classificação inspira cuidados. Ofensivamente o time se resolve, mas sem a bola a coisa não tem andado bem. É preciso contratar, mas é muito importante ter melhor padrão defensivo.



MaisRecentes

Uma França jovem e já campeã



Continue Lendo

Terá sido o fim de Messi e Cristiano Ronaldo pelas suas seleções?



Continue Lendo

Um grande jogo com vitória de uma grande Bélgica



Continue Lendo