Santos arranca a vitória e continua sonhando



Palmeiras e Santos, durante a semana, falavam em título, em recuperação, em motivação para a caminhada até o final do ano.

Cuca já tinha estimulado os seus jogadores e o discurso parecia bem assimilado pelo grupo palmeirense. Levir Culpi parecia bastante abatido após a eliminação na Libertadores, mas poucos dias depois o time bateu o Atlético Paranaense e voltou a querer falar grosso em busca de algo a mais no Brasileiro.

Mas seria impossível os dois saírem com o mesmo discurso ao final do jogo. Para piorar o clima de tensão comum em um clássico, São Paulo, que não via chuva há um bom tempo, foi castigada e o gramado do Allianz Parque sofreu.

Sem condições de fazer a bola rolar, Palmeiras e Santos fizeram um primeiro tempo de luta e pouca inspiração. Matheus Jesus, opção de Levir Culpi para o meio ao lado de Alison, fez um jogo bastante interessante.

O segundo tempo já foi disputado com o gramado em melhores condições e o Palmeiras foi ao ataque. O Santos pouco conseguia passar do meio campo e foram quinze minutos de muita pressão.

Sem contra-atacar, o Santos via Cuca mexer no time e a bola não saía da área de Vanderlei. É bem verdade que Lucas Veríssimo e David Braz fizeram um jogo muito sólido e concentrado. Alison e Matheus Jesus também respondiam bem.

Uma escapada. Uma única. Aos 30, o Santos roubou a bola no campo de ataque e Copete achou Bruno Henrique na esquerda. De Bruno Henrique para Ricardo Oliveira e do camisa nove para o gol.

A pressão aumentava, mas o perigo não chegava a assustar Vanderlei.

Deu Santos. Levir Culpi, em entrevista coletiva, destacou a qualidade do elenco e a luta de seus jogadores.

Cuca vai ter que assimilar o golpe da perda dos três pontos em casa, pontos que foram arrancados pelo Santos com muita luta e muita doação.



  • Eternos BI-SÉRIE B sem MUNDIAL nem uma misera Copinha SP se acalmem!! Em futuro breve voces poderão voltar a ser campeões brigando pelo titulo inédito de TRI- SÉRIE B sem MUNDIAL nem uma Copinha SP !!!! @#@#@#

  • Roberto Dias Alvares

    Venceu o time que tem chances de ir em busca e ultrapassar o primeiro colocado. Imagine a pressão na cabeça do SCCP contra o Cruzeiro. Diferença de 7, daqui a pouco são quatro e quando acordarem já foram ultrapassados. Para finalizar, já que os jogadores do Santos tiveram a educação que faltou ao Felipe Melo quando jogou na vila e não falaram do pasto que é essa arena. Construção monumental mas o principal que é o gramado, uma vergonha. A Vila Belmiro, acanhada nas arquibancadas dá show de drenagem.

  • The Nunes Family

    Vale destacar a dedicação de cada jogador. Se para nós torcedores a perda e consequente eliminação da libertadores é difícil assimilar, imagina para eles! Estão literalmente dando a volta por cima, que sejam bem sucedidos e nos façam felizes alcançando seus objetivos!

  • Nunca vamos conseguir entender porque voce entrou com o mediocre Donizete contra o Barcelona Em Casa entregando o meio campo para eles nos dominarem o jogo todo! Lhe admirava muito Levir mas depois desta tragedia plantada Em Casa buscando garantir o 0x0 a Decepçao é Total!!!

  • SFC

    Esse treineiro não tem participação nenhuma, nem na vitória e muito menos na campanha , são os jogadores que se auto escalam , quando ele tem que optar faz m..por que sempre opta por Condizente, T. Ribeiro e Kayke.
    Tivemos a felicidade de Como não ter compromisso nenhum com o clube e ter faltado ao treino, senão seria titular e consequentemente jogariamos com um a menos.
    Passou dá hora de dispensar o Caneludo Conizete
    Mas. Jesus precisou de uma partida mesmo em campo horrível para mostrar que deve ser titular, pq Renato, Yuri e Renato não podem ser titulares, Renato não aguenta jogar mais 90 minutos, e é só bola de lado …

MaisRecentes

Robinho é o nome do clássico mineiro



Continue Lendo

São Paulo vence e respira melhor



Continue Lendo

Levir e a indecisa direção santista



Continue Lendo