Momento chave para o Bahia



Marcelo Sant’Ana, presidente do Bahia, é um dirigente com visão moderna de futebol. A gestão do Bahia fez o clube voltar ao seu lugar e, especialmente, fez o time praticar bom futebol.

Sant’Ana lamentou a saída de Guto Ferreira e optou por Jorginho para tocar o barco no Brasileiro. Jorginho chegou e com ele as dificuldades da tabela do campeonato. Jorginho foi conhecendo os jogadores e sofrendo com os desafios de não ter tempo para treinar e encarar desafios como Palmeiras, Flamengo e até mesmo o clássico local.

Jorginho não conseguiu fazer o time render como ele e a direção esperavam. O Bahia hoje está fora da zona de rebaixamento, mas tem a mesma pontuação do Coritiba, que é o clube que abre o grupo dos últimos quatro colocados.

O Bahia errou na avaliação do trabalho de Jorginho? O erro foi imaginar um perfil diferente do que Jorginho tem? O fato é que agora outro treinador tem que chegar. É muito importante entender que o novo comandante, quando chegar, também vai encontrar as dificuldades da tabela e da sequência de jogos. Entretanto, pesará contra ele a pressão da tabela de classificação e o óbvio tempo menor para acertar o time ideal.

Se errou antes, agora não dá para errar mais.



MaisRecentes

A luta que nossos clubes podem comprar



Continue Lendo

Real convida o Barcelona ao divã



Continue Lendo

Um pouca da história dos técnicos estrangeiros no Brasil



Continue Lendo