Furacão surpreende e empata com o Corinthians fora de casa



Sem Guilherme Arana, Pablo e Rodriguinho, o Corinthians entrou em campo contra o Atlético Paranaense com toda a tranquilidade que a folga na liderança oferecia. Do outro lado, o Furacão vinha de três jogos sem vitórias e sentindo a proximidade do grupo dos últimos colocados.

A diferença na tabela não apareceu em campo. É bem verdade que o Corinthians finalizou 18 vezes e teve mais a posse da bola, mas, pela primeira vez na competição o time de Fábio Carille sofreu o primeiro gol da partida.

O golaço marcado por Jonathan foi a primeira finalização do Atlético. O Corinthians tinha a bola, mas não conseguia bater em situações reais de gol. O empate saiu aos 44. A linha de marcação do Furacão não acompanhou o avanço pela esquerda de Moisés e dele saiu o cruzamento para Jô se atirar na bola e marcar.

Logo no início do segundo tempo, aos 5 minutos, Maycon fez bela jogada e Jô, de novo, marcou. O jogo mudou.

Dos 15 minutos até 34, o Corinthians ficou sem finalizar. O Atlético começou a ocupar mais o campo de ataque e Douglas Coutinho desperdiçou algumas chances.

Aos 36, Otávio carregou a bola pelo centro do campo e bateu de muito longe. A bola desviou em Balbuena e deixou Cássio vendido. Era o empate dos visitantes.

O resultado não pode ser apontado como anormal. Anormal é a campanha incrível que faz o Corinthians. O jogo mostrou um adversário que tentou jogar e ofereceu poucos espaços.

Os números, ao final da partida, mostravam igualdade no placar e 11 finalizações dos visitantes. O jogo feito pelo Furacão foi bastante eficiente e o placar não deixou de ser justo.



MaisRecentes

A primeira rodada da Premier League



Continue Lendo

A noite de Copa do Brasil foi também a noite dos passes errados



Continue Lendo

VAR do VAR



Continue Lendo