Palmeiras e São Paulo quase classificados, mas Santos se complicou



As primeiras partidas das Quartas de Final do Paulitas confirmaram a expectativa de sofrimento do Santos e superioridade de Palmeiras e São Paulo.

Não é que o Corinthians tenha se complicado, mas de certa forma o time frustrou a torcida. Sim, eu sei que em última análise o que vale é o resultado de empate fora de casa, mas o comentarista não precisa e nem deve viver de últimas análises. Apenas cinco finalizações (só duas no gol) contra nove do Botafogo não é legal.

O Corinthians teve dificuldade e não foi só ontem. O time se mostra mais confiável na defesa, mas o trabalho ofensivo não rende o desejado.

O São Paulo também não brilhou, mas resolveu a vida na vitória sobre o Linense. O time de Lins não só não se credenciou para a classificação como também não colocou a mão no dinheiro que pensou que fosse receber ao jogar no Morumbi as duas partidas.

Fez bonito o Novorizontino. Bom público empurrando o time, boa renda, mas a classificação ficou nas mãos do Palmeiras. A diferença técnica entre as duas equipes é grande e o time do interior derramou todas as gotas de suor possíveis e imagináveis. Todas! Vendeu caro e fez o Palmeiras jogar.

O Santos teve muita dificuldade com a Ponte. Foram 12 finalizações da Macaca contra apenas quatro do Peixe. A Ponte perdeu muito pouco no campeonato – apenas duas derrotas – e vai obrigar o Santos a ceder espaços. Ou seja, fazer exatamente o que o time de Campinas mais quer.

A derrota fora de casa força o Santos a vencer o jogo. Nem mesmo o argumento de que na Vila o Santos é forte pode ser usado, o jogo será no Pacaembu…

 



MaisRecentes

Palmeiras muda da água para o vinho e ganha o jogo



Continue Lendo

Futebol inglês também vive queda de conceitos tradicionais



Continue Lendo

E lá se vão 40 anos para um novo Ponte Preta x Corinthians



Continue Lendo