Mourinho reclama e vence assim mesmo



Competente, campeão e reclamão. Mourinho é um dos nomes mais fortes do futebol mundial desde 2003, quando ganhou o Português e a Liga Europa. Um ano depois veio a Liga dos Campeões e a transferência para o Chelsea.

Não tem tanto tempo assim e ele continua vencedor. Na última quinta, dia 16, o Mourinho dirigiu o Manchester United em mais uma vitória e classificação na Liga Europa. Pouco tempo depois, 62 horas, o United entrou em campo contra o Middlesbrough, fora de casa, e venceu por 3 a 1.

Mourinho não pensou duas vezes e soltou reclamações para cima da Premier League, que, segundo ele, não ajuda seus times.

E vale a observação. Liga dos Campeões e Liga Europa já na fase de quartas de final e ambas com apenas um time inglês em cada. E os ingleses têm decepcionado nas maiores competições europeias.

Mourinho queria um tempo maior para entrar em campo. Não conseguiu e fez sete modificações de um jogo para o outro. Ainda têm dois jogos atrasados pela Premier League e sequência de Liga Europa. O calendário vai exigir ainda mais do elenco.

Se lá é assim, imagine aqui com a obrigação de disputar os estaduais e até mesmo a Primeira Liga.

O debate é antigo e se mostra pouco produtivo. Entendo a tradição e respeito as distâncias do país, mas nossos clubes não têm dinheiro para a montagem correta de elencos e nossos diretores aceitam menos as necessárias avaliações de elenco e oportunidades para a base.

Uma outra diferença é que Mourinho pontuou que era contra, fez diversas modificações no time principal e ainda assim venceu fora de casa por 3 a 1.

A rotina de jogos em sequência vai continuar com os momentos decisivos da Liga Europa e Premier League. O Manchester já ganhou a Copa da Liga Inglesa, luta pela Liga Europa e por uma boa classificação na PL.



MaisRecentes

Um pouca da história dos técnicos estrangeiros no Brasil



Continue Lendo

Um jogão, cheio de erros, mas um jogão no Morumbi



Continue Lendo

Noite do Grêmio e de eliminações



Continue Lendo