São Paulo tem melhor desempenho defensivo e vence mais uma



São Paulo, como era esperado, vence novamente. A notícia, como é o esperado, não é a vitória e nem mesmo que a defesa continuou sofrendo gol. O que chamou a atenção no jogo do Morumbi foi o número de desarmes feito pelo time treinado por Rogério Ceni.

A média de desarmes do São Paulo no Paulista é de 23 desarmes por jogo. No jogo contra o Santo André, foram 31 desarmes. A presença de Jucilei e de Araruna pode ajudar um pouco a explicar, mas não dá para apontar apenas um fator como o determinante.

Araruna e Jucilei fizeram juntos 4 desarmes. Luiz Araújo e Buffarini fizeram os mesmos quatro cada. O tempo de trabalho talvez conte mais para o crescimento dos números defensivos.

O tempo ajuda. As críticas ajudam. A necessidade de provar mais e sempre mais. Os jogadores ficaram mais tempo concentrados no jogo. A proposta de jogo do São Paulo após marcar o segundo gol, era de espera. O time que se expunha demais e acabava oferecendo espaços e gols aos adversários, se mostrou mais maduro, calculista e melhor posicionado.

É também verdade que a arbitragem interferiu diretamente no resultado, mas aqui não está a análise do placar e sim do processo de amadurecimento das ideias vendidas pelo treinador e compradas pelos jogadores.



MaisRecentes

Palmeiras avança, mas esbarra em um bom América



Continue Lendo

São Paulo volta a vencer e obriga o Santos a repensar



Continue Lendo

Palmeiras vence e confirma ótima campanha



Continue Lendo