Copa do Brasil coloca mineiros contra gaúchos



Atlético MG, Internacional, Grêmio e Cruzeiro são os semifinalistas da Copa do Brasil 2016. Cada um teve a sua dor na noite quente em disputas.

O Galo sofreu. Muito. O time treinado por Marcelo Oliveira era o mais favorito de todos, mas só conseguiu arrancar a vaga graças, novamente, ao goleiro Victor, que pegou dois pênaltis.

Não era para ser assim. De um lado um time que disputa o título nacional e do outro o Juventude que acabou de conseguir a classificação para a Série B do Brasileiro. É verdade que os jogos de Copa do Brasil têm características intensas de disputa e vários times de menor qualidade técnica se dão bem, mas é também verdade que o Atlético tem muita dificuldade em controlar os jogos.

O Santos tinha conquistado o resultado na Vila Belmiro e tinha como adversário um time abatido e abalado com a possibilidade de rebaixamento. O Inter, dono da vaga na semi, optou pelos reservas e se deu bem. A prioridade ainda é a mesma, mas a campanha na Copa do Brasil tem sido uma surpresa bastante agradável.

O Cruzeiro precisava tirar do Corinthians a vantagem conquistada em Itaquera. Mano x Oswaldo de Oliveira e deu Mano. O Corinthians tinha como marca não sofrer muitos gols e o Cruzeiro vinha de um empate sem gols em casa. Com a bola rolando, o Cruzeiro até teve o susto de ver o adversário empatar, mas depois novamente tratou de jogar o Corinthians para o campo de defesa e fez um 4 a 2.

Palmeiras e Grêmio já fizeram grandes clássicos. Eram os gaúchos os donos da vantagem e o Palmeiras também optou pelos reservas em campo. O primeiro tempo foi do Palmeiras, mas sem gols. O segundo tempo começou com gol palmeirense. O Grêmio, competitivo como Renato e tático como Roger, tratou de buscar a amplitude para abrir a defesa do Palmeiras. O jogo caminhava para dar a classificação aos donos da casa, mas Allione foi expulso e o Grêmio se encheu de moral. Everton, em boa jogada, marcou o gol do empate. O Palmeiras não conseguiu mais bater a gol. Deu Grêmio.

Os confrontos, Galo x Inter e Grêmio x Cruzeiro, permitem projetar finais mineiras ou gaúchas. Permitem apostas, mas a noite quente de Copa do Brasil mostrou que apostar pode significar errar feio.



MaisRecentes

A primeira rodada da Premier League



Continue Lendo

A noite de Copa do Brasil foi também a noite dos passes errados



Continue Lendo

VAR do VAR



Continue Lendo