Corinthians apresenta melhora, mas Galo segura empate



O empate não foi bom para o Corinthians e nem para o Galo. É claro que a expulsão de Leandro Donizete tornou o jogo mais dramático para o Atlético. Na verdade, o segundo tempo foi bem mais do Corinthians. Foram 9 finalizações dos donos da casa contra apenas uma dos visitantes.

A opção do Corinthians era uma constante tentativa de abrir a defesa atleticana. Marlone de um lado e Marquinhos Gabriel pela direita. O Galo deu alguns espaços no primeiro tempo, mas era perigoso quando avançava. Hyuri teve duas chances claras e desperdiçou. Ele saiu aos 15 do segundo tempo para a entrada de Patric.

Marquinhos Gabriel teve uma noite técnica boa e Camacho tomava conta do sistema defensivo. O Atlético, cada vez mais, assumiu que apenas se defenderia. O grande drama atleticano se deu aos 33, quando Leandro Donizete foi expulso.

Marcelo Oliveira fez Yago entrar e sacou Robinho. O Corinthians se encheu de ânimo e passou a atacar ainda mais, mas usou e abusou de cruzar a bola na área. Foram 39 cruzamentos, o que mostra que falta ainda muito ao time para o ataque se acertar.

O Galo se vê mais distante do líder Palmeiras e o Corinthians não conseguiu se aproximar do grupo da Libertadores.



  • Eugenio

    comentarista pifio e mediocre como vc tem aos montes na midia, nao sei que melhora foi essa, triste esses falsos comentaristas…..

MaisRecentes

Palmeiras vence e Willian deixa claro que merece ser titular



Continue Lendo

São Paulo faz seus três primeiros pontos na fria noite do Morumbi



Continue Lendo

Os bons sinais do novo Galo



Continue Lendo