De Dani Alves a Lenglet: Barça gastou €130 milhões para tirar seis jogadores do Sevilla



Apresentado nesta sexta-feira, o zagueiro Clement Lenglet é o sexto jogador do Sevilla a chegar ao Barcelona nos últimos 10 anos. O zagueiro francês é o mais caro de todos e teve a multa rescisória de 35,9 milhões de euros paga pelo clube catalão, mas os valores das demais negociações também são altos. No total o Barcelona deixou 130 milhões de euros nos cofres do clube andaluz nesta década.

Depois de Lenglet a contratação mais cara foi a de Dani Alves. No meio de 2008 Guardiola tinha a chegada do brasileiro como algo crucial para o seu projeto. Alves custou 35,5 milhões de euros, o defensor mais caro do mundo na época. Na mesma temporada o malinês Seydou Keita chegou ao Camp Nou por 14 milhões de euros. Dois anos depois veio outro brasileiro, Adriano, por 9,5 milhões. Mais tarde, em 2014, Ivan Rakitic custou 18 milhões e um ano depois Aleix Vidal foi comprado por 17.

O Sevilla ficou conhecido nos últimos anos por comprar barato e vender caro, mas quase todos os negócios foram bons também para o Barça. Apenas Aleix Vidal não conseguiu se firmar.

Talvez o melhor custo-benefício tenha sido Rakitic que colocou Xavi no banco, já em sua primeira temporada, fez gol na final da Liga dos Campeões e se tornou em peça importante para fazer a engrenagem funcionar. Dani Alves, apesar do alto investimento, é o melhor lateral da história do clube e foi crucial para a evolução de Messi como ponta-direita. Adriano e Keita sempre foram curingas importantes enquanto estiveram no clube.

Lenglet tem 23 anos e chega para compor elenco, inicialmente. Ele é o quinto zagueiro do elenco que já conta com Piqué, Umtiti, Vermaelen e Mina. Dificilmente todos seguirão no clube. A tendência é que Mina seja negociado por empréstimo para ganhar experiência ou em definitivo, se uma boa proposta chegar. O contrato de Vermaelen acaba no ano que vem, por isso se “desfazer” do colombiano não é algo que o Barça tem tão claro.

Resultado de imagem para lenglet



MaisRecentes

Modric ganha o prêmio que deveria ser de Salah e Cristiano perde duas vezes



Continue Lendo

Sinal amarelo para Barcelona, Tottenham, Liverpool, PSG e United na Champions



Continue Lendo

A importância da confiança e dos gols de Lucas Moura



Continue Lendo