Cavani enfim desabafa e manda três recados duros para Neymar



O confronto entre Roma e Liverpool valendo vaga na final da Liga dos Campeões eclipsou uma contundente entrevista de Edinson Cavani à Rádio Monte Carlo. As declarações mais fortes foram recheadas de recados ao brasileiro Neymar.

O maior goleador da história do PSG admitiu os atritos com o astro brasileiro. Era evidente a distância entre os dois, mas é interessante a argumentação de Cavani, colocando os interesses coletivos antes dos individuais.

– Houve um problema com Neymar. Conversamos e disse que eu era o primeiro a querer que ele ganhasse prêmios individuais, mas com a condição que antes viessem os objetivos coletivos.

Este não foi o único recado sobre o individualismo do brasileiro que Cavani mencionou. Na França foi muito malvisto que Neymar tenha feito sua recuperação da lesão no Brasil e que não estivesse nem mesmo junto aos seus companheiros no momento do título francês. Apenas postou uma mensagem nas redes sociais. Sem citar este episódio específico, Cavani fez coro às críticas sobre o comportamento do companheiro.

– Talvez devêssemos estar um pouco mais unidos, juntos, nos expressar mais como um grupo, não apenas como uma equipe, mas sim como uma família.

O outro tema que chama a atenção é o jogo contra o Real Madrid. Na época uma estatística chegou a ser divulgada mostrando que Cavani não recebeu nunhum passe de Neymar ou Mbappé no Santiago Bernabéu (o que não é correto. Recebeu um passe na marca do pênalti, vindo do brasileiro). A resposta de Cavani, no entanto, é uma reivindicação ao seu valor.

– Não é meu trabalho avaliar e dizer porque não recebi muitas bolas. Sou consciente que tecnicamente não sou um fora-de-série, não vou driblar três ou quatro jogadores, mas um grupo não precisa apenas disso. Inclusive um jogador sem muita habilidade pode fazer a diferença.

O futebol do camisa 9 não é unaminidade dentro do próprio vestiário do PSG. Há quem acredite que Mbappé deveria jogar como centroavante, abrindo espaço para Di Maria ou Draxler na equipe. O recado do uruguaio, porém, parece bastante claro sobre seu valor à equipe. Cavani tem contrato até 2020 e se diz feliz no PSG. Queira Neymar ou não, deverá ter o companheiro ao seu lado ainda por algum tempo.

Resultado de imagem para cavani neymar



MaisRecentes

Modric ganha o prêmio que deveria ser de Salah e Cristiano perde duas vezes



Continue Lendo

Sinal amarelo para Barcelona, Tottenham, Liverpool, PSG e United na Champions



Continue Lendo

A importância da confiança e dos gols de Lucas Moura



Continue Lendo