Complexados, apáticos e lesionados… assim chega o Bayern em Madri



O Bayern de Munique chega à capital espanhola para enfrentar o Real Madrid precisando marcar ao menos dois gols e vencer o jogo para ir à final da Liga Dos Campeões após quatro temporadas. Os alemães, no entanto, chegam machucados. Seja física ou mentalmente.

Os problemas de lesões irão tirar Boateng, Vidal, Coman e Robben do jogo – além de Neuer, afastado há meses. Problemas em todos os setores, de jogadores experientes e de caráter para uma decisão como esta. E os problemas psicológicos parecem ser tão graves quanto os desfalques.

Após a derrota na partida de ida, o ex-goleiro Oliver Kahn criticou Robert Lewandowski dizendo que o artilheiro não aparece nos momentos decisivos. O polonês perdeu um gol cara a cara no segundo tempo e foi discreto durante todo o jogo em Munique.

Além de Kahn, Franz Beckenbauer também atacou sua equipe. O nome mais importante da história do futebol alemão e presidente de honra do clube disse que “talvez o Bayern tenha um complexo contra o Real Madrid”. O Kaiser pensa que o jogo da ida era fácil de ser vencido, por conta da atuação abaixo do normal por parte do Real Madrid, que ainda assim saiu com a vitória.

O Bayern foi eliminado por espanhóis nas últimas quatro edições da Liga Dos Campeões, duas vezes para o Real Madrid, uma para o Barcelona e outra para o Atlético.

No final de semana, Jupp Heynckes poupou quase todos os titulares na vitória por 4-1 sobre o Frankfurt pela já decidida Bundesliga. Alaba voltará ao time e Javi Martínez está recuperado de uma pancada na cabeça que o fez deixar o jogo de ida e também estará apto a jogar.



MaisRecentes

Modric ganha o prêmio que deveria ser de Salah e Cristiano perde duas vezes



Continue Lendo

Sinal amarelo para Barcelona, Tottenham, Liverpool, PSG e United na Champions



Continue Lendo

A importância da confiança e dos gols de Lucas Moura



Continue Lendo