Vitória lógica e normal do Bayern… para quem não viu o jogo



A vitória do Bayern de Munique sobre o Sevilla parecia algo lógico e normal. O gigante alemão que vem de goleada trás goleada em seu país, contra os andaluzes que deixaram tudo que tinham em campo contra o Barcelona e deixaram o resultado escapar em 55 segundos. O jogo não foi de uma vitória lógica, embora ela tenha chegado.

O Sevilla foi muito melhor no primeiro tempo. Sarabia fez um e perdeu outro mais feito. Dominou o jogo, as ações, as propostas. O problema é que o futebol é… futebol. Ribery cruzou para Lewandowski impedido. Antes que a bola chegasse ela desviou na defesa e pegou Soria no contrapé.

O Bayern é muito bom e precisa de muito pouco. O Sevilla não está no mesmo nível e tinha que martelar demais para assustar. Seguiu assustando, mas no segundo tempo o Bayern se pareceu mais com o gigante que é. A entrada de James e depois de Rafinha melhoraram o time, o deixaram mais presente no campo de ataque e isso sabemos bem como termina.

Thiago Alcântara garantiu uma grande vantagem aos alemães. O 1×2 faz com que o Sevilla precise fazer ao menos dois gols em Munique para se classificar. O Bayern avançar à semifinal é algo lógico e normal, mas o Sevilla conseguiu atingir seu limite. Manteve-se vivo e vai brigar por mais 90 minutos. Como está sem seu belo hino “dizem que nunca se rende”. E é por isso que não está tudo definido.



MaisRecentes

Wenger sai merecendo respeito, mas sem deixar bom legado ao Arsenal



Continue Lendo

Com apenas um título na carreira, Coutinho admite ansiedade por ser campeão com o Barcelona



Continue Lendo

Reverenciado em todo o mundo, Guardiola perde até quando ganha em seu próprio país



Continue Lendo