Mourinho já não tem desculpas, só arrogância



A Liga Dos Campeões está na sua 63ª edição. O Real Madrid é o maior vencedor e levou 12 para o Santiago Bernabeu. Ou seja, em 51 edições, o rei do continente ou foi eliminado ou nem disputou. Por quê dizer isso? Porque Mourinho disse que a eliminação não é novidade para o Manchester United. Não é para ninguém, oras.

”Já me sentei nesta cadeira com o Porto e o Real Madrid após eliminar o Manchester. Isto não é novidade para este clube”. Assim como outros técnicos, do United, sentaram-se ali vitoriosos. Coisa que Mourinho não tem mais conseguido fazer.

O United não tinha time para ser campeão. Tem lacunas em todo o elenco. Das laterais ao centroavante. No entanto, tinha time, dinheiro, investimento e estrutura para passar do Sevilla.

O pior Sevilla dos últimos anos. Inconstante e sem uma referência. No futebol é possível perder ou ganhar jogando bem ou mal. A questão é que os espanhóis foram melhores em 180 minutos. Em nenhum momento o clube grande e rico dominou.

Pior ainda. O Manchester nem parece ter querido dominar. Não falo em trocar 900 passes, jogar na área adversária e finalizar mais (embora me agrade muito mais quem ganhe jogando bem). O United foi pior e sem saber como atacar ou defender contra um time bom e nada mais do que isso.

Perder assim, apático, entregue e sem dominar o ataque ou a defesa é o pior para este Manchester. Não caíram para o Bayern ou o Real Madrid, o que seria lógico. Para a Juventus ou o PSG, o que seria aceitável. Caíram para o Sevilla, foram piores que o Sevilla, contaram com inúmeras defesas de De Gea para não serem massacrados e humilhados pelo Sevilla.

O recado de Mourinho para o seu torcedor é que o clube está acostumado a perder. De duas uma: ou José está preparando sua saída e de novo não vai deixar saudades, ou não se sabe mais onde começa e termina o personagem arrogante e decadente que ainda encontra espaço em grandes clubes. Clubes que ganham e perdem, mas que precisam ter uma postura vencedora. Isso Mourinho não deu ao seu time.



MaisRecentes

De todos os protagonistas só Cristiano se explica



Continue Lendo

Foi um dos melhores jogos que a Copa verá. Teve tudo, e principalmente Cristiano



Continue Lendo

Griezmann, Piqué e a desnecessária imprensa



Continue Lendo