Antes um volante do que Mina; colombiano ainda não tem a confiança de seu técnico



Piqué treinou nesta quarta-feira, foi relacionado por Ernesto Valverde e deverá jogar contra o Valencia pela volta da semifinal da Copa do Rei. O técnico respira aliviado porque poderá contar com sua dupla de zaga ideal em uma semifinal fora de casa. Caso não contasse com Gerard, Mina era a única opção natural para a zaga e o colombiano que passou pelo Palmeiras poderia não jogar nem assim.

Segundo a imprensa local, Busquets seria o escolhido para atuar ao lado de “Big Sam”. Seria mexer no meio-campo, deslocando o distribuidor de jogo da equipe e improvisar na defesa. Tudo isso por ter um pé atrás com um jogador específico de sua posição.

Valverde já disse que Mina precisa de tempo para se adaptar ao futebol europeu. Deixou a entender que não confia no colombiano, sobretudo em jogos mais duros como o que pinta nesta quinta-feira. Mina nunca jogou na Europa, atuava em outro contexto e o treinador não está convencido de suas capacidades.

Fala-se em Barcelona que Mina pode ser emprestado no meio da temporada, justamente para ganhar experiência. Parece muito mais uma falta de comunicação entre quem contrata e quem escala. A secretária técnica do clube argumentava que a chegada do colombiano era necessária em janeiro para suprir a baixa de Mascherano. Valverde, no entanto, resiste em escala-lo ou dizer abertamente que conta com ele.

No domingo, diante do Getafe, a entrada de Mina deverá ser inevitável. Umtiti está suspenso e o normal é que Piqué ganhe um descanso após o jogo decisivo contra o Valencia, para garantir total recuperação do joelho direito, antes do confronto com o Chelsea na Liga dos Campeões. Mina ainda precisa ganhar a confiança de seu técnico. Quando jogar, estará muito pressionado.



MaisRecentes

Modric ganha o prêmio que deveria ser de Salah e Cristiano perde duas vezes



Continue Lendo

Sinal amarelo para Barcelona, Tottenham, Liverpool, PSG e United na Champions



Continue Lendo

A importância da confiança e dos gols de Lucas Moura



Continue Lendo