Coutinho-Liverpool-Barcelona não será uma novela: “a coisa vai esquentar muito”



Faltam três dias para a abertura do mercado de inverno na Europa. Uma das maiores expectativas é para saber se Phillipe Coutinho irá finalmente se transferir para o Barcelona. Nas última semana o conceituado site Chuteira FC afirmou que o negócio poderia ser fechado antes do ano novo. Sport e Mundo Deportivo também afirmam que o acerto está próximo.

Uma fonte de dentro das negociações diz que antes de 1º de janeiro as peças serão apenas distribuídas no tabuleiro. A partir do primeiro dia de 2018 o jogo começará a ser disputado. Segundo esta fonte, o negócio não deverá ser uma novela como aconteceu entre julho e agosto.

A visão de quem está dentro do cerco é que todos já sabem o seu papel: o Barcelona quer comprar, Coutinho quer sair e o Liverpool… o Liverpool precisará mostrar sua decisão logo. “Posso te dizer uma coisa, no dia 2 ou 3 a coisa vai esquentar muito”, garante. A tendência é que tudo se resolva logo.

Em entrevista à repórter Natalie Gedra, da ESPN Brasil, no dia 28 de dezembro, Jurgen Klopp disse que “nada é para sempre” e que “sempre há uma solução”.

Por mais que pareça evidente que Coutinho será do Barcelona, tudo pode acontecer ainda. Ser rápido não é garantia de um final feliz para o clube de Messi. Existem três possibilidades.

A primeira é que o Barcelona banque o valor que o Liverpool pedir, pague e leve o meia brasileiro já no início do mês.

A segunda é que os clubes cheguem a um acordo para que Coutinho vá para a Espanha apenas em junho. O Barcelona já tem a Liga Espanhola encaminhada, o atleta não pode jogar a Liga dos Campeões pelo Barça e o Liverpool segue vivo no torneio. Deixa-lo mais seis meses na Inglaterra poderia deixar o negócio mais barato e, neste momento, ele não é tão urgente.

A terceira hipótese é que o Liverpool peça muito dinheiro, mais que o Barcelona pode pagar e as negociações fracassem. O Barça não entrará em um leilão e não irá subir o valor de sua oferta, por isso esta opção também não demanda uma longa negociação.

As três opções citadas são óbvias, mas mostram como tudo pode acontecer – como garante esta fonte que está diretamente envolvida com as negociações.

Existe uma grande expectativa e todos esperam para saber o que irá acontecer. Neste momento, as peças estão sendo distribuídas. O jogo está prestes a começar.



MaisRecentes

Piqué à la Puyol – as mudanças do zagueiro que tenta ser um líder no Barça



Continue Lendo

Maior artilheiro da história do PSG, Cavani sofre com desconfiança… dentro do próprio vestiário



Continue Lendo

Iniesta à conta-gotas



Continue Lendo