A camisa da discórdia na Espanha



A Adidas lançou no início desta semana uniformes de seleções para a Copa do Mundo da Rússia do ano que vem. A coleção de Argentina, Alemanha, Espanha, Colômbia e Bélgica fazem alusão aos uniformes utilizados por essas seleções nos anos 80 e 90.

Na Espanha a camisa divide opiniões. Não pelo layout, mas pelo o que representa. A farda é inspirada na Copa de 94, quando os espanhóis foram eliminados pela Itália nas quartas-de-final, perdendo por 2 a 1.

Os que são contra o novo uniforme dizem que trata-se de lembrar de um fracasso. Quando a Roja entrar em campo virá à memória do torcedor um time que saiu perdedor de um Mundial. As peças lançadas para a Argentina e Alemanha reproduzem os uniformes das Copas de 86 e 90, respectivamente, nas quais os países saíram vencedores.

As cores também geram discordância. O tom de azul parece roxo, cor da bandeira republicana. Em momentos de tensão política, ajuda a criar um clima ainda mais hostil.

Já existe inclusive uma campanha na Espanha para que o torcedor não compre a nova camisa até a Adidas redesenhar um uniforme com menos lembranças ruins aos espanhóis.



MaisRecentes

Maldini, Roberto Carlos, Dani Alves, Ronaldinho… quem faltou no time do século da UEFA?



Continue Lendo

Sevilla x Liverpool: espanhóis não perdem em casa há um ano e tem hino cantado em baladas



Continue Lendo

Técnico do Sevilla descarta saída de Ganso, o sexto que menos joga no time



Continue Lendo