Na Holanda, VAR é decisivo duas vezes no mesmo lance e mostra o seu papel



Aos poucos o recurso de vídeo arbitragem vai sendo implementado em torneios mundo afora. A novidade que estreou no Mundial de Clubes e depois foi utilizada na Copa das Confederações será uma realidade em várias das principais ligas europeias nesta temporada. Isso diminuirá sensivelmente as injustiças, trará a luz pontos a serem melhorados e ainda irá causar confusão e estranhamento.

Neste sábado, Feyenoord e Vitesse jogavam pela Supercopa Holandesa. Um pênalti não foi marcado e na sequência da jogada sai um gol no contra-ataque. O árbitro anula o gol, volta atrás e marca o pênalti.

Parece confuso? Veja abaixo o vídeo. Torcedores tensos esperando o árbitro se decidir vendo a TV, a expectativa dos jogadores e a vibração do estádio na sequência. Tudo muito diferente do que já foi visto no futebol, é verdade. No entanto, também é uma forma de evitar uma grande injustiça.

Sem o VAR teríamos o Feyenoord abrindo 2 a 0 na partida. Graças ao recurso, o Vitesse empatou o jogo com justiça, para depois perder nas penalidades. Fica claro, porém, que o VAR poderia ajudar a definir um campeão, evitando um erro que custaria um título.

Pode ser confuso e parecer artificial, mas é inegável que o vídeo irá ajudar a reparar erros com consequências gigantes.



MaisRecentes

Desconfiança total: imprensa e torcida criticam chegada de Paulinho, o 4º mais caro da história do Barça



Continue Lendo

Adversário do PSG no domingo tem orçamento 21 vezes menor que o clube de Paris



Continue Lendo

LFP esclarece prazo limite para Neymar estrear domingo



Continue Lendo