Emocionante campanha para que o Vicente Calderón “doe seus órgãos” chama a atenção na Espanha



A Revista Líbero faz uma linda campanha na Espanha. No dia 27 de maio o Vicente Calderón receberá seu último jogo oficial, a final da Copa do Rei entre Barcelona e Alavés. O estádio será demolido para que a área seja urbanizada e o novo estádio do Atlético de Madrid já está pronto.

Assim como no Brasil ou em qualquer país, pequenos clubes sofrem com a falta de infraestrutura. A revista propõe então que o Calderón “doe seus órgãos”. Cadeiras, traves, refletores, bancos de reservas e até as jacuzzis podem servir para dar vida a quem passa por necessidades Espanha afora.

Um estádio que tem alma, também tem corpo. Assim é o Vicente Calderón. Sua alma não será esquecida e o seu corpo poderá seguir vivo em outros campos. O Atlético de Madrid já disse que os sócios poderão levar os assentos como recordação, mas tem muito mais ali que pode servir para tantos outros.

Vida longa ao Calderón e que seja imortal.



MaisRecentes

Meio time fora e Bernardo Silva: o Manchester City começa uma necessária revolução



Continue Lendo

A despedida do Totti, o jogador contra a corrente



Continue Lendo

Título da Europa League pode devolver United ao ciclo vitorioso dos grandes europeus



Continue Lendo