Melhor ataque, melhor defesa, fortalezas em casa: o que une e o que separa Barça e Juve



O confronto entre Barcelona e Juventus colocará frente a frente melhor ataque e melhor defesa da Liga dos Campeões. O Barça tem o artilheiro Messi que marcou 11 vezes, a força do Camp Nou onde conseguiu quatro goleadas (7×0 Celtic, 4×0 Borussia Monchengladbach e Man. City e 6×1 PSG). No total, 26 gols da equipe catalã. Do outro lado, apenas dois gols sofridos pela Juventus nas oito partidas disputadas.

Por mais que os números sugiram um time muito ofensivo e um outro retraído, não é isso que se vê em campo. A Juventus trata bem a bola, ataca com muita gente, tem jogadores decisivos na frente e, algumas vezes, até se expõe a riscos desnecessários atrás. Mas assim como o Barça se apoia na individualidade do seu trio ofensivo, os italianos têm, individualmente, grandes defensores. Buffon, Chiellini, Barzagli e Bonucci funcionam em conjunto, mas ganham muitos duelos de 1×1 e isso ajuda a fazer a diferença.

O Barça se faz forte no Camp Nou, venceu 19 dos últimos 20 confrontos de Liga dos Campeões – o outro jogo foi um empate. Já a Juventus é assustadora jogando em seu novo estádio. Quarenta e seis jogos sem perder, com 40 vitórias e seis empates. Desde 2015 não perde em seu campo.

Dos 11 titulares em Berlim, há dois anos, o Barça manteve dez em seu time, apenas Dani Alves – que foi para a Juventus – saiu. A Juve perdeu Pogba, Tevez, Pirlo, Morata e Evra, mas não se enfraqueceu.

Um confronto abertíssimo, de cartas claras sobre a mesa. E difícil de se apostar.



MaisRecentes

Neymar não enfrenta o Real Madrid. E Messi? Será que joga?



Continue Lendo

O Atlético volta a melhor forma antes de encarar o Real



Continue Lendo

Jogando a vida no clássico, Barça prefere folga à treinamento dois dias antes do jogo



Continue Lendo