Rakitic, Suárez e Ter Stegen renovarão antes de Messi; a bomba-relógio do Barça



O jornal Marca publica nesta segunda-feira que Messi pediu para não conversar com o Barcelona sobre sua renovação de contrato, enquanto se decide se permanecerá ou não no clube. O pedido, segundo o Marca, havia sido feito depois da Copa América quando Messi também desistiu de jogar pela Argentina, mas voltou atrás.

Por mais que a imprensa na Espanha seja muitas vezes especulativa algum sentido pode ter a informação. No final de agosto, Jordi Cardoner e Robert Fernandez, diretores do clube, concederam uma entrevista coletiva para fazer um balanço do mercado de transferências. Falaram sobre renovações e colocaram Rakitic, Suarez e Ter Stegen como os próximos alvos, depois de Neymar, Mascherano e Busquets estenderem seus vínculos.

Os três próximos rebocados chegaram em 2014 e os contratos terminam apenas em 2019, o de Messi se encerra em 2018 e o normal é que você resolva um problema de 2018 antes de três de 2019.

A última vez que Messi deu alguma declaração foi em fevereiro. E disse o mesmo de sempre: que é muito feliz em Barcelona e pensa em seguir no clube.

O Marca ainda destaca que o Manchester City seria um destino possível para o Argentino e cita o fator Guardiola. Isso não passa de suposição. Messi já disse que não conversou mais com o treinador desde que Pep deixou o Barça. Não parece haver um grande desejo do jogador em ser de novo comandado pelo técnico.

Messi vira um problema. Menos de dois anos para encerrar seu vínculo e não parece haver nem início de conversa. Mais que um problema, é uma bomba-relógio.

582989e6c461888d4f8b45cf



MaisRecentes

Vitória faz Argentina dar um passo rumo ao Mundial, mas o futebol não



Continue Lendo

Brasil faz tudo parecer fácil e caminha para ser favorito na Rússia



Continue Lendo

Após derrota para PSG, Messi pensou em não renovar com o Barcelona



Continue Lendo