Higuain, fenômeno do mercado, pode ser o terceiro mais caro da história



Já na segunda quinzena de julho o mercado europeu ainda não pegou no tranco. No momento que os ingleses ficam mais ricos, que o PSG se vê livre das amarras do fair play financeiro e que a dupla Real e Atlético de Madrid precisam contratar porque estarão impossibilitados nas duas próximas janelas, as grandes negociações ainda não apareceram. Por mais que ainda restem mais de 40 dias de janela aberta, esta semana os últimos clubes regressam aos treinos e evidentemente gostariam de já ter elenco definido para a temporada.

Parte da dificuldade para que os negócios apareçam pode ser porque a inflação dispara. Bale e Cristiano Ronaldo são os jogadores mais caros da história do futebol, custando mais de 100 milhões de euros há alguns anos. Mas hoje para tirar Higuain do Napoli a Juventus terá que pagar 95 milhões e quem quiser Pogba deverá deixar 120 milhões na Juventus.

Higuain fez 38 gols em 42 jogos na última temporada. No total, 91 gols em 146 partidas, média de 0,62 – a melhor de sua carreira. Na semana que vem completará 29 anos. Um atacante com média de gols de 0,6 e 29 anos não pode ser o terceiro mais caro da história.

Pogba, 23 anos, com uma grande projeção na carreira, é uma boa aposta para qualquer clube. Ser, com sobras, o mais caro de todos os tempos é um claro exagero.

Mané que foi para o Liverpool por 45 milhões, Xhaka que chegou ao Arsenal pelo mesmo valor, Mkhitaryan no Manchester United por 40 milhões são os negócios mais vultuosos até aqui.

Até aqui poucos se mexem. Está tudo caro e com menos de 40 milhões é difícil contratar mais do que uma aposta. E Higuain e Pogba são candidatos aos grandes fenômenos de vendas, mesmo sem merecer.

 



MaisRecentes

Título da Europa League pode devolver United ao ciclo vitorioso dos grandes europeus



Continue Lendo

Gabigol e a difícil missão de descobrir que não é “o” cara



Continue Lendo

As diferenças entre a contratação de Vinicius Jr. e Neymar, que deixam o Real Madrid tranquilo com a justiça



Continue Lendo