Secretamente, Barcelona vibra a saída de Messi da seleção



“Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo… e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso”. A frase motivacional que inunda a internet é de Michael Jordan, o maior de seu esporte.

Messi errou um pênalti fatal. Falhou em sua quarta decisão com a Argentina, chegou a 450 minutos sem marcar em finais pelo seu país. O maior de sua era precisou convencer seu povo a aceita-lo e acreditar em sua capacidade. Precisando viajar meio mundo uma vez a cada dois meses para jogar com sua seleção e falando muito mais na Argentina do que fala em Barcelona, Messi tentou fazer parte da história da albiceleste. Conseguiu ser o maior goleador da história da seleção, porém não foi capaz de evitar seguidos fracassos. E então desistiu.

Enquanto todos tentam entender como um atleta extremamente competitivo e acostumado tanto a ganhar como a perder pode abrir mão de levar seu país à mais uma Copa do Mundo e chegar lá ainda jogando em alto nível, Barcelona parece sorrir silenciosamente.

Na capital catalã o momento é de “mimar” Messi. Jornais criaram hashtags de apoio, a culpa pelo fracasso cai sobre outros jogadores, mitos que também falharam são lembrados. Ainda não é hora de comemorar o óbvio: Leo estará focado apenas no clube a partir de agora. Não fará longas viagens para jogar na América do Sul, não chegará cansado para jogos importantes, não irá se poupar para estar 100% fisicamente e dar alegria ao seu povo. Aliás, seu povo agora passa a ser exclusivamente o torcedor barcelonistas. O camisa 10 já disse algumas vezes o quanto é grato por tudo que o Barcelona fez por ele e que não se vê jogando em nenhuma outra equipe.

Nesta temporada, por exemplo, foi depois de uma data FIFA que o Barcelona perdeu o seu ritmo e perdeu para Real Madrid, Atlético de Madrid e viu sua vantagem na Liga Espanhola desaparecer, além de cair na Liga dos Campeões.

Messi podia estar de cabeça quente, pode refletir nas próximas semanas e mudar de ideia. Pode chegar em Barcelona abalado e ter uma temporada apagada. Se nada disso acontecer, o clube ganha o jogador super competitivo de sempre, mas, agora, sem precisar dividi-lo com ninguém.

DE_MessiCOLOR2



MaisRecentes

Barcelona joga suas últimas fichas para convencer Neymar



Continue Lendo

Neymar já avisou aos jogadores do PSG que vai se juntar a eles



Continue Lendo

Os detalhes do “sim” de Neymar ao PSG



Continue Lendo