Voto popular no Laureus escolherá o Momento Esportivo de 2016



Montagem com os candidatos ao prêmio de Melhor Momento Esportivo de 2016 do Laureus (Crédito: Divulgação)

Montagem com os candidatos ao prêmio de Melhor Momento Esportivo de 2016 do Laureus (Crédito: Divulgação)

Algumas das cenas mais marcantes do esporte mundial em 2016 estão concorrendo a uma premiação à parte que irá compor a cerimônia do Laureus Wor  ld Sports Award, prevista para acontecer no próximo dia 14 de fevereiro, em Monaco.

Estreante na festa do Laureus, o novo prêmio também está introduzindo uma novidade: a participação popular na eleição. Aberta no último dia 16, a votação pela internet vai até 4 de fevereiro, dez dias antes da festa em Montecarlo. Além disso, os torcedores estarão concorrendo a três pares de ingressos, além de passagens aéreas e hospedagem inclusos, segundo o site do Laureus.

Para votar, clique aqui.

Os seis momentos, escolhidos pelos integrantes da Academia Laureus, incluem exemplos de fair play, espírito olímpico, dramas e emoção.

Estão concorrendo, por exemplo, a incrível demonstração de olimpismo ocorrida na série eliminatória dos 5.000 m feminino na Rio-2016, quando a neozelandesa Nikki Hamblin tropeçou e caiu. O incidente acabou derrubando a americana Abbey D’Agostino, que se contundiu. Hamblin ajudou a americana a cruzar a linha de chegada.

Outro momento inesquecível foi a chegada em uma das etapas da Série Mundial de triatlo, em Cozumel (MEX), quando o inglês Jonny Browlee completamente esgotado, foi ajudado pelo seu irmão Alistair, a poucos metros da chegada. Eles foram ultrapassados pelo sul-africano Henri Schoeman, que venceu a prova.

VEJA TAMBÉM:

Brasil tem duas indicações entre os finalistas do Laureus 2017 
Ana Marcela é eleita a melhor do mundo em águas abertas de 2015 
Thiago Braz sonha com voos mais altos 
Hugo Calderano, anotem esse nome 
O calendário 2017 do esporte olímpico 

O fair play também está na lista dos melhores momentos de 2016. Durante uma partida pela Copa Hopman de tênis, o americano Jack Sock, vencia o jogo por 5-4 e perto de vencer o primeiro set, quando sugeriu que seu rival, o australiano Lleyton Hewitt, chamasse o desafio por uma bola sua que o árbitro marcou fora. Na revisão, o ponto acabou sendo dado para o australiano, que no final venceu o jogo.

Três momentos ligados ao futebol completam a lista de finalistas divulgada pelo Laureus. A recepção aos jogadores da Islândia após a incrível campanha na Euro-2016, com direito a performance com uma dança de guerra viking; a atitude de um jovem torcedor português ao colega francês que chorava após a derrota da França para Portugal na final da Euro; e o espírito esportivo mostrado pelos garotos do sub-12 do Barcelona, que após vencerem os japoneses do Omiya Ardija, largaram a comemoração para consolar os derrotados.

E para você, qual seu momento inesquecível do esporte em 2016? Vote também na pesquisa abaixo.



MaisRecentes

Entenda como foi a bizarra mudança no nome da Federação Mundial de taekwondo



Continue Lendo

No Dia Olímpico, comemore acompanhando muito esporte



Continue Lendo