Usain Bolt corre esta tarde em Zurique, com a promessa de mais um show



Reunindo um total de 36 atletas que foram medalhistas nos Jogos Olímpicos de Pequim, entre eles o “showman” jamaicana Usain Bolt (foto), medalha de ouro e recordista mundial nos 100 e 200m rasos, o Grand Prix de Zurique de atletismo, que integra a Golden League (Liga de Ouro), promete agitar as pistas nesta sexta-feira.

A competição será realizada no estádio Letzigrund, que terá seus 26 mil lugares lotados por um público que só quer saber de ver mais um show de Usain Bolt, o homem que destruiu os recordes dos 100 e 200m em Pequim, sem fazer muito esforço.

“A hora é de curtir o momento. Alcancei todos os meus objetivos, não tenho nada em particular para realizar no restante da temporada”, disse Bolt. E sem correr pressionado, a expectativa é de um novo show. A prova dos 100m rasos em Zurique deverá começar às 15h55 (horário de Brasília).

Aliás, o feito de Bolt nos 100m nas Olimpíadas ainda surpreende os especialistas. De acordo com estudos matemáticos feitos antes dos Jogos, esperava-se que a marca de Bolt (9s69) fosse atingida apenas em 2030.

“Com esses novos dados, o tempo previsto para os 100 metros provavelmente estará destinado a se reduzir ainda mais”, explica o matemático da Bloomsberg University da Pensilvânia, Reza Noubary, de acordo com nota publicada pela Agência Ansa.