Um adeus tão dramático quanto um tango




“Me cortaram as pernas, acabaram com minha ilusão de jogar o Mundial, mas não posso fazer nada. Por mim, eu jogaria. Estou de fora de meu último Mundial”

Andrés Nocioni, ala da seleção argentina, lamentando ter que pedir dispensa do Campeonato Mundial de basquete da Turquia, atendendo a um pedido de sua equipe na NBA, o Philadelphia 76ers, que temia que ele agravasse uma contusão no tornozelo caso participasse do torneio. Nocioni é mais um jogador da liga profissional americana que abriu mão do Mundial atendendo a pedidos de suas equipes.



MaisRecentes

Sonho de Budapeste para os Jogos de 2024 pode terminar nesta quarta-feira



Continue Lendo

Falta patrocínio no esporte brasileiro? O rúgbi não tem do que reclamar



Continue Lendo

Oscar Schmidt no All-Star da NBA alivia a depressão do basquete brasileiro



Continue Lendo