Tragédia anunciada



Ninguém pode se surpreender com a atitude do Flamengo, que resolveu não renovar o contrato de todos os atletas olímpicos do clube, com exceção do remo e do basquete. Por causa de sua insolúvel crise financeira, o Rubro-negro acaba deixando na mão, entre outros, três estrelas da ginástica artística brasileira: os irmãos Diego e Daniele Hypólito, além de Jade Barbosa.

Se mostra incompetencia em resolver seus próprios problemas financeiros, em compensação o Flamengo encampa, ao lado de outros sete clubes, um movimento dosa clubes formadores de atletas olímpicos para exigir do Governo Federal um quinhão da bolada da Lei Piva, que é repassada anualmente às confederações esportivas e que tem no próprio Comitê Olímpico Brasileiro (COB) um de seus beneficiados (e com uma bela parcela, é bom que se diga).



MaisRecentes

Governo rebatiza programa ‘Atleta Pódio”, de olho em Tóquio-2020



Continue Lendo

Tragédia das enchentes no Peru deixa Pan de Lima-2019 na berlinda



Continue Lendo