Brasil já começa a respirar clima de Pan-Americano em Lima



Thaís Fidélis, da ginástica artística, participa de treino no Complexo Esportivo Villa El Salvador (Crédito: Wander Roberto/COB)

A abertura será apenas na sexta-feira (26), mas a partir de quarta (24) as competições já começarão para valer nos Jogos Pan-Americanos de Lima. E o Brasil respira o clima do Pan. Já são mais de 100 atletas, de uma delegação que será composta por 487, que estão na capital peruana.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga 

Entre a turma que “abriu” o prédio do Time Brasil da Vila Pan-Americana está a seleção de ginástica artística. As duas equipes, feminina e masculina, chegaram cedo à Lima, até porque competirão logo um dia depois da abertura. O time feminino, que tem nomes como Jade Barbosa, Flavia Saraiva e Thaís Fidélis, participa da disputa por equipes no sábado (27).

O time masculino, que tem seu maior destaque individual em Arthur Zanetti, campeão olímpico das argolas em Londres-2012, fará sua estreia no domingo (28).

Também já estão em Lima integrantes das equipes de vela, rúgbi seven, tiro esportivo, pentatlo moderno, boliche, canoagem velocidade, basquete 3×3, patinação artística, boxe, taekwondo, squash, vôlei de praia e handebol feminino. Estas duas, por sinal, estarão em ação no primeiro dia de competições, na quarta-feira.

Veja imagens do Time Brasil em Lima:

 

 

Blog em Lima

Nesta terça-feira, este blogueiro segue para a cobertura dos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019. Será a terceira vez que acompanharei “in loco” uma edição do Pan. Trata-se de uma competição que se não tem o mesmo grau de importância de uma Olimpíada, tem muito valor. Especialmente para modalidades que não têm espaço no programa olímpico.

Mesmo para estas, porém, nunca é demais comemorar uma medalha ou uma marca relevante. O Brasil tem hoje papel de protagonista no continente e estará brigando para se manter no top 3 do quadro de medalhas, quem sabe até mesmo lutando pelo segundo lugar.

Vamos acompanhar juntos o Pan-Americano.

VEJA TAMBÉM:

Com ‘estrangeiras’, handebol feminino do Brasil define equipe para o Pan de Lima 
Definição do atletismo fecha delegação do Time Brasil no Pan-2019 
Saiba mais sobre as medalhas do Pan de Lima-2019



MaisRecentes

Todos os campeões da história do Mundial masculino de basquete



Continue Lendo

Brasil no Mundial de basquete merece elogios e profundas reflexões



Continue Lendo