Thiago Pereira busca o ouro nos 200m medley e dona Rose aquece o gogó



Esta noite, a partir das 23h48, Thiago Pereira terá a oportunidade de mostrar que as seis medalhas de ouro obtidas no Pan do Rio, em 2007, não foram obra do acaso, disputando a final dos 200m medley.

O problema para Thiago nesta prova atende pelo nome de Michael Phelps. Embora o brasileiro esteja logo atrás do americano no balizamento, Phelps persegue a marca de sete medalhas de ouro obtidas por Mark Spitz nos Jogos de Munique-72.

Agora, para quem estará vendo a prova no Brasil, o risco é outro. A mãe do nadador, dona Rose, conhecida pela forma nada discreta e estridente de incentivar o filho nas competições, está em Pequim. Ontem, ela não estava nas arquibancadas (talvez não tenha conseguido comprar o ingresso), mas sim no estúdio do canal Sportv, onde acabou mostrando mais comedimento e não se esgoleou como de costume.

Mas preparem-se: se Thiago acertar uma boa prova e brigar por uma medalha, dona Rose irá berrar mais do que o Galvão Bueno narrando um gol do Ronaldinho.



MaisRecentes

Ao tentar inovar, Fiba cria uma grande confusão no basquete mundial



Continue Lendo

Comissão de Atletas precisar ir além das cartas para buscar seu espaço no COB



Continue Lendo

Do que têm tanto medo os cartolas olímpicos brasileiros?



Continue Lendo