Thiago Pereira busca o ouro nos 200m medley e dona Rose aquece o gogó



Esta noite, a partir das 23h48, Thiago Pereira terá a oportunidade de mostrar que as seis medalhas de ouro obtidas no Pan do Rio, em 2007, não foram obra do acaso, disputando a final dos 200m medley.

O problema para Thiago nesta prova atende pelo nome de Michael Phelps. Embora o brasileiro esteja logo atrás do americano no balizamento, Phelps persegue a marca de sete medalhas de ouro obtidas por Mark Spitz nos Jogos de Munique-72.

Agora, para quem estará vendo a prova no Brasil, o risco é outro. A mãe do nadador, dona Rose, conhecida pela forma nada discreta e estridente de incentivar o filho nas competições, está em Pequim. Ontem, ela não estava nas arquibancadas (talvez não tenha conseguido comprar o ingresso), mas sim no estúdio do canal Sportv, onde acabou mostrando mais comedimento e não se esgoleou como de costume.

Mas preparem-se: se Thiago acertar uma boa prova e brigar por uma medalha, dona Rose irá berrar mais do que o Galvão Bueno narrando um gol do Ronaldinho.



MaisRecentes

Hipismo ensaia novidades para Tóquio-2020. Até onde irá a revolução olímpica?



Continue Lendo

Saiba porquê o levantamento de peso corre risco de ser cortado das Olimpíadas



Continue Lendo

Ciclistas olímpicos brasileiros participam de festival em São Paulo



Continue Lendo