Com Calderano, tênis de mesa do Brasil busca vaga por equipes para Tóquio



Hugo Calderano garantiu sua vaga individual olímpica no tênis de mesa no Pan de Lima (Crédito: Aberlado Mendes/rededoesporte.gov.br)

No mesmo palco onde cumpriu ótima campanha no Pan-Americano de Lima, o tênis de mesa do Brasil está de volta ao Peru. E desta vez, com um objetivo ainda mais importante: buscar vagas para a Olimpíada de Tóquio-2020. A partir desta sexta-feira (25), o Brasil buscará vagas por equipe no Pré-Olímpico Latino, também no Centro Esportivo de Videna, mesmo local dos jogos do Pan.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

Por enquanto, o Brasil tem apenas uma vaga assegurada, com Hugo Calderano, que foi ouro no individual do Pan-Americano de Lima. Agora, o objetivo é assegurar classificação por equipe. Apenas uma seleção por naipe irá assegurar a classificação neste Pré-Olímpico latino, que terminará no próximo domingo (27).

Quem não se classificar terá uma nova oportunidade no Pré-Olímpico Mundial, que está marcado para a cidade de Gondomar (POR), no mês de janeiro. Estarão em jogo mais novas vagas. Dois atletas de cada equipe classificada poderão disputar o torneio individual na Olimpíada.

Caso uma equipe não obtenha vaga para os Jogos, os atletas poderão disputar o Pré-Olímpico Latino Individual e de Duplas, em Cuba, no mês de abril. Ainda haverá uma última chance, no Pré-Olímpico Mundial Individual, em Doha, no Catar, em maio de 2020.

Pela equipe feminina, estarão representando o Brasil as mesa-tenistas Bruna Takahashi, Jessica Yamada, Caroline Kumahara e Laura Watanabe. No masculino, além de Calderano, estarão em ação Gustavo Tsuboi, Eric Jouti e Vitor Ishiy.

Acompanhe no site da ITTF (Federação Internacional de Tênis de Mesa) os jogos do Pré-Olímpico Latino

Confira os jogos do Brasil no Pré-Olímpico latino

25/10 (sexta)

Feminino – Brasil x Chile (15h45)
Masculino – Brasil x Peru (21h15)

26/10 (sábado)

Feminino – Brasil x Peru (14h45)
Masculino – Brasil x Chile (17h30)

27/10 (domingo)

Feminino – Porto Rico x Brasil (18h)
Masculino – Brasil x Argentina (22h)

 

VEJA TAMBÉM:

Sexto do mundo, Calderano completa um ano entre os grandes do tênis de mesa 
Hugo Calderano se consolida como esperança de medalha em Tóquio-2020 
Confira os classificados do Brasil para a Olimpíada de Tóquio-2020



MaisRecentes

Derrota na estreia não muda o roteiro do Brasil no Pré-Olímpico de basquete



Continue Lendo

Entenda os caminhos do basquete feminino do Brasil para chegar a Tóquio-2020



Continue Lendo