Liveblog: acompanhe o #dia 3 do Pan de Lima-2019



Delegação do Brasil entra no Estádio Nacional, com Kahena Kunze e Martine Grael como porta-bandeiras (Crédito: Jonne Roriz/COB)

23h39 – Cecília Tait, uma das integrantes da geração espetacular do vôlei feminino do Peru, acendeu a pira pan-americana


22h53


22h25 


21h53

 


21h50 


21h32


21h08 

 


20h58


20h48 – Com direito à presença do mascote Milco, dois apresentadores começam a “aquecer o publico nas arquibancadas. Torcedores em um clima contagiante aqui. Festa promete ser muito bonita.


20h20 – A festa de abertura começará com uma contagem regressiva fazendo uma viagem visual pela história dos Pan-Americanos, desde a edição inaugural, em Buenos Aires-1951, até Toronto-2015. O locutor anuncia que irá começar o pré-show da festa.


20h – Delegação do Brasil que vai participar do desfile já está concentrada no Estádio Nacional de Lima

 


19h46 – Deu no Lance!


19h17 – Já no Estádio Nacional de Lima, aguardando o início da cerimônia de abertura do Pan de Lima-2019. O público vai chegando aos poucos e ainda há muitos lugares vazios. O comitê organizador já  havia anunciado que os ingressos para a cerimônia estavam esgotados. A festa está marcada para começar às 21h (horário de Brasília).


17h15 – A delegação brasileira no desfile de abertura do Pan-Americano deverá ser composta por aproximadamente 110 pessoas, entre atletas e demais integrantes. A prévia de participantes por modalidade é a seguinte: Badminton (10), Ciclismo MTB (2), Vôlei de Praia (7), Basquete 3×3 (3), Tiro Esportivo (13), Rúgbi (9), Hipismo (13), Pentatlo (3), Nado Artístico (9), Levantamento de Pesos (2), Surfe (14), Squash (4) e Vela (2).


13h53 – Pelo pentatlo moderno feminino, a brasileira Maria Ieda Guimarães ficou em quinto lugar na prova da esgrima, somando 250 pontos. O pentatlo é uma das 22 modalidades que concederão vagas olímpicas para Tóquio-2020. Além de Maria Ieda, também estão na disputa Isabela Abreu (11º) e Priscila Veríssimo (16º).

Já no rugby seven masculino, um empate entre Brasil e Chile, por 14 a 14, na estreia das duas seleções no Pan-Americano.


13h13 – Na patinação artística, a brasileira Bruna Wurts foi bem no programa curto, terminando em segundo lugar, com a nota 36,70. A liderança ficou com a argentina Giselle Soler (38,53). O programa longo, que definirá a medalha de ouro, será neste sábado, a partir das 14h (horário de Brasília).


13h03 – Direto de Lima (PER), começamos a acompanhar tudo sobre o Dia 3 de competições dos Jogos Pan-Americanos de Lima. E começando destacando a estreia com vitória do rúgbi seven feminino do Brasil, que bateu o Peru por 33 a 5, em Villa Maria del Triunfo. Apesar do placar elástico, a seleção levou um susto no início do jogo, após levar um try das peruanas, que abriram 5 a 0.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

O dia reserva ainda terá o Brasil participando da patinação artística, pentatlo moderno e vôlei de praia. E à noite, a partir das 21h (horário de Brasília), começará a cerimônia de abertura no Estádio Nacional de Lima. O Brasil terá pela primeira vez duas mulheres como porta-bandeiras, as campeãs olímpicas da 49er FX, Martine Grael e Kahena Kunze.

VEJA TAMBÉM:

Maior desafio no Pan de Lima será sobreviver ao trânsito 
Pan dá a largada e Peru não esconde seu orgulho 
Brasil já começa a respirar clima de Pan-Americano em Lima



MaisRecentes

Todas as medalhas do Brasil no Mundial de canoagem velocidade



Continue Lendo

Atletismo do Brasil chega ao streaming e amplia oferta de esporte olímpico



Continue Lendo

Números e curiosidades do ParaPan-Americano de Lima-2019



Continue Lendo