Só vitória contra a Sérvia manterá Brasil vivo no Mundial de handebol



José Toledo

O brasileiro José Toledo, autor de cinco gols pelo Brasil, faz arremesso diante da marcação da defesa da Alemanha, pelo Mundial de handebol (Crédito: Divulgação)

Ninguém pode dizer que ficou surpreso com a derrota deste sábado (12) do Brasil pelo Mundial masculino de handebol para a Alemanha, em Berlim.

O que talvez tenha causado um certo espanto foi a má atuação e o placar elástico (34 a 21) aplicado por um dos anfitriões do Mundial (o outro é a Dinamarca), apenas um dia depois da boa performance contra a França, mesmo com a derrota por 24 a 22.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

O fato é que para o Brasil, o Mundial começará de fato nesta segunda-feira (14), na partida contra a Sérvia.

As duas primeiras derrotas já faziam parte do script, convenhamos. Perder para os atuais bicampeões mundiais e para um dos países com mais tradição no handebol é perfeitamente normal.

Mas com a mudança no regulamento da competição, segundo o qual somente os três melhores de cada uma das quatro chaves avançarão para a segunda fase, a situação da seleção brasileira na competição está bastante delicada.

Veja a galeria do Mundial de handebol

Zerado na tabela e na quinta posição da chave, os brasileiros precisam de qualquer maneira derrotar os sérvios, que tem um ponto e ocupam o quarto lugar. Ainda assim, terá que derrotar Rússia (15) e Coreia (17) para assim conquistar a terceira vaga no grupo.

Se mostrar a mesma postura do primeiro tempo da derrota para a Alemanha, a despedida do Brasil no Mundial de handebol será nesta segunda-feira. Mas se repetir o desempenho da estreia, a história será diferente.

VEJA TAMBÉM:

+ Uma derota que traz esperança para o Brasil no Mundial de handebol
+ Sem TV, YouTube salva fãs de handebol para acompanhar Mundial
+ Em ‘grupo da morte’, Brasil sonha com campanha inédita no Mundial de handebol



MaisRecentes

Chefe de Tóquio-2020 já começa a sentir os efeitos das denúncias de corrupção



Continue Lendo

O significado que a classificação no Mundial terá para o handebol do Brasil



Continue Lendo

Jornal canadense levanta dúvidas sobre caso Ben Johnson



Continue Lendo