Seleção feminina de basquete faz treino de luxo pensando no Pré-Olímpico



Só mesmo um desastre, daqueles de proporções de um terremoto, impedirá que a seleção feminina de basquete não conquiste o título do Campeonato Sul-Americano, que começa a ser disputado a partir de hoje na cidade de Loja, no Equador. Por sinal, as brasileiras irão estrear justamente contra as donas da casa, neste sábado, a partir das 23h (horário de Brasília).

O desnível técnico do basquete feminino no continente é tal que o Brasil poderá se dar ao luxo de nem contar com algumas de suas estrelas, como Iziane e Érika. A única equipe que pode dar um pouco mais de trabalho é a Argentina, mesmo assim as “hermanas” não contam com o mesmo elenco que fez bela campanha no Mundial de 2006, realizado em São Paulo.

Assim, o quase certo título do Sul-Americano (seria o 12º consecutivo) servirá mesmo de preparação para o pré-Olímpico Mundial, marcado para a Espanha, em junho, quando estarão em jogo as cinco últimas vagas para as Olimpíadas de Pequim.

Foto: Alexandre Vidal/Divulgação CBB