Esportes de PyeongChang-2018: curling



Curling

 

O que é

Esporte de origem escocesa, mas que tem no Canadá sua grande força. É disputado por duas equipes de quatro jogadores que se enfrentam para conduzir oito pedras de granito, que pesam 20 kg cada uma, o mais próximo possível de uma série de círculos no meio da quadra. Os jogos são disputados em geral por dez “ends”, que são a subdivisão das partidas. A  pontuação é determinada ao final do end, e apenas uma equipe pode pontuar em cada etapa. A equipe faz um ponto para cada pedra localizada mais próxima ao centro do alvo que qualquer uma das pedras adversárias.

História olímpica

O curling fez parte do programa esportivo da primeira edição dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Chamonix-1924. Os resultados da competição, contudo, não foram reconhecidos pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) até 2006, nos Jogos de Turim. O esporte apareceu como demonstração em Lake Placid-1932, repetindo esse status em Calgary-1988 e Albertville-1992. Em Nagano-1998, foi incluído de forma oficial no programa dos Jogos de Inverno.

Evolução olímpica

Enquanto a disputa masculina esteve presente desde o início, a competição feminina só entrou na Olimpíada em Nagano-1998. As disputas mistas farão sua estreia em PyeongChang-2018.

Eventos olímpicos

  • Evento masculino
  • Evento feminino
  • Evento misto

 

Quadro de medalhas do curling (5 primeiros)

  1. Canadá – 10 (5 de ouro, 3 de prata e 2 de bronze)
  2. Suécia – 6 (2 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze)
  3. Grã-Bretanha – 4 (2 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze)
  4. Suíça – 5 (1 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze)
  5. Noruega – 3 (1 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze)

VEJA TAMBÉM:

Esportes de PyeongChang-2018: combinado nórdico 
Esportes de PyeongChang-2018: bobsled 
Esportes de PyeongChang-2018: biatlo



MaisRecentes

Hora da parada técnica



Continue Lendo

Vem aí um novo ídolo do esporte brasileiro: Hugo Calderano



Continue Lendo

Dez mulheres olímpicas que deixam o Brasil orgulhoso



Continue Lendo