Prévia aponta Brasil no top 10 da Rio 2016,
mas pelo total de ouros



O ginasta Arthur Zanetti em ação no último Mundial de Glasgow: ele deve conquistar uma das medalhas de ouro na Rio 2016, segundo o Infostrada

O ginasta Arthur Zanetti em ação no último Mundial de Glasgow: ele deve conquistar uma das medalhas de ouro na Rio 2016, segundo a Infostrada

Em sua primeira atualização de 2016, a prévia do quadro de medalhas dos Jogos Rio 2016 produzida pela empresa holandesa Infostrada, especializada em estatísticas esportivas, traz uma boa notícia para o COB (Comitê Olímpico do Brasil): segundo o levantamento, publicado nesta terça-feira, o Brasil deverá terminar as próximas Olimpíadas entre os dez primeiros do quadro de medalhas, atingindo assim a meta que vem sendo propagada desde o final dos Jogos de Londres 2012.

O feito, se for confirmado, representará a melhor campanha na história do país em Jogos Olímpicos. A Infostrada prevê, em seu levantamento, que os brasileiros conquistarão um total de 19 medalhas, oito delas de ouro. Desde a estreia brasileira olímpica, em Antuérpia 1920, a melhor participação do Brasil pelo total de medalhas ocorreu justamente há quatro anos, com 17 pódios.

>>> Veja ainda: Brasil encerra ano com 402 vagas na Rio 2016

Em conquistas de ouros, a melhor participação foi em Atenas 2004, quando os brasileiros deixaram a Grécia com cinco medalhas de ouro na bagagem.

O único problema é que a prévia da Infostrada se baseia no número de medalhas de ouro, enquanto que o critério que o COB vem adotando para falar da meta do top 10 é o de total de medalhas. Este também é o critério adotado pelo LANCE!

>>> E mais: Confira o calendário olímpico de 2016

E se levarmos em conta o total de medalhas, a meta do COB não seria alcançada, caso a prévia da Infostrada se confirme. Neste caso, o Brasil terminaria em 12º lugar, atrás da Holanda (10ª colocada, com 31 pódios) e Nova Zelândia (11ª, com 22). Seria uma ironia o Brasil não alcançar a própria meta estabelecida em sua maior campanha olímpica da história, não é mesmo?

As medalhas brasileiras segundo a Infostrada na Rio 2016 seriam as seguintes:

OURO

Atletismo – Fabiana Murer/salto com vara
Futebol masculino
Ginástica artística – Arthur Zanetti
Judô – Érika Miranda/ 52 kg
Maratona aquática – Ana Marcela Cunha/10 km
Vela – Martina Grael e Kahena Kunze/49er FX
Vôlei de praia – Alisson/Bruno
Vôlei de praia – Larissa/Talita

PRATA

Boxe (Fem) – Clélia Costa/51 kg
Boxe (Masc) – Robson Conceição/60 kg
Canoagem velocidade – Erlon Souza e Isaquias Queiroz/C2 1000 m
Ginástica artística – Diego Hypólito/solo
Maratona aquática – Allan do Carmo
Natação – Thiago Pereira/200 m medley
Natação – Bruno Fratus/50 m livre
Tênis – Duplas masculina
Vôlei de praia – Ágatha/Bárbara

BRONZE

Luta livre – Aline Silva/75 kg
Vôlei feminino



MaisRecentes

Pole dance, poker e pebolim (ou totó): mais novidades no programa olímpico?



Continue Lendo

Robert Scheidt desiste de Tóquio-2020 por família e falta de resultados



Continue Lendo