Prévia aponta Brasil no top 10 da Rio 2016,
mas pelo total de ouros



O ginasta Arthur Zanetti em ação no último Mundial de Glasgow: ele deve conquistar uma das medalhas de ouro na Rio 2016, segundo o Infostrada

O ginasta Arthur Zanetti em ação no último Mundial de Glasgow: ele deve conquistar uma das medalhas de ouro na Rio 2016, segundo a Infostrada

Em sua primeira atualização de 2016, a prévia do quadro de medalhas dos Jogos Rio 2016 produzida pela empresa holandesa Infostrada, especializada em estatísticas esportivas, traz uma boa notícia para o COB (Comitê Olímpico do Brasil): segundo o levantamento, publicado nesta terça-feira, o Brasil deverá terminar as próximas Olimpíadas entre os dez primeiros do quadro de medalhas, atingindo assim a meta que vem sendo propagada desde o final dos Jogos de Londres 2012.

O feito, se for confirmado, representará a melhor campanha na história do país em Jogos Olímpicos. A Infostrada prevê, em seu levantamento, que os brasileiros conquistarão um total de 19 medalhas, oito delas de ouro. Desde a estreia brasileira olímpica, em Antuérpia 1920, a melhor participação do Brasil pelo total de medalhas ocorreu justamente há quatro anos, com 17 pódios.

>>> Veja ainda: Brasil encerra ano com 402 vagas na Rio 2016

Em conquistas de ouros, a melhor participação foi em Atenas 2004, quando os brasileiros deixaram a Grécia com cinco medalhas de ouro na bagagem.

O único problema é que a prévia da Infostrada se baseia no número de medalhas de ouro, enquanto que o critério que o COB vem adotando para falar da meta do top 10 é o de total de medalhas. Este também é o critério adotado pelo LANCE!

>>> E mais: Confira o calendário olímpico de 2016

E se levarmos em conta o total de medalhas, a meta do COB não seria alcançada, caso a prévia da Infostrada se confirme. Neste caso, o Brasil terminaria em 12º lugar, atrás da Holanda (10ª colocada, com 31 pódios) e Nova Zelândia (11ª, com 22). Seria uma ironia o Brasil não alcançar a própria meta estabelecida em sua maior campanha olímpica da história, não é mesmo?

As medalhas brasileiras segundo a Infostrada na Rio 2016 seriam as seguintes:

OURO

Atletismo – Fabiana Murer/salto com vara
Futebol masculino
Ginástica artística – Arthur Zanetti
Judô – Érika Miranda/ 52 kg
Maratona aquática – Ana Marcela Cunha/10 km
Vela – Martina Grael e Kahena Kunze/49er FX
Vôlei de praia – Alisson/Bruno
Vôlei de praia – Larissa/Talita

PRATA

Boxe (Fem) – Clélia Costa/51 kg
Boxe (Masc) – Robson Conceição/60 kg
Canoagem velocidade – Erlon Souza e Isaquias Queiroz/C2 1000 m
Ginástica artística – Diego Hypólito/solo
Maratona aquática – Allan do Carmo
Natação – Thiago Pereira/200 m medley
Natação – Bruno Fratus/50 m livre
Tênis – Duplas masculina
Vôlei de praia – Ágatha/Bárbara

BRONZE

Luta livre – Aline Silva/75 kg
Vôlei feminino



MaisRecentes

Liberação da Fiba é o mais novo título mundial do basquete brasileiro



Continue Lendo

Herói olímpico dos EUA desafia escândalo sexual no Mundial de taekwondo



Continue Lendo

Com medalhista olímpico, Brasil estreia sábado no Mundial de taekwondo



Continue Lendo