Pequim-08: seleção masculina de basquete do Brasil precisa se inspirar na Argentina



Dá uma inveja danada ver o time masculino de basquete da Argentina! Quem dera o anêmico basquete brasileiro seguisse o exemplo dos nossos vizinhos continentais, que há pouco mais de 20 anos eram meros coadjuvantes de todos os torneios que participassem e atualmente colecionam triunfos, em especial a medalha de ouro nos Jogos de Atenas-2004.

Nesta sexta-feira, comandada pelo sensacional Manu Ginobili, a Argentina faturou o título do torneio internacional Diamond Ball, realizado em Nanjing (CHN), ao derrotar a Austrália por 95 a 91. A partida foi sensacional e os argentinos conseguiram superar uma diferença no placar de 19 pontos em favor dos australianos no terceiro quarto.


O trio formado por Ginobili, Luis Scola e Andrés Nocioni destruiu a Austrália no quarto final, vencido por 33 a 22. Scola terminou como cestinha da partida, com 32 pontos e seis rebotes, enquanto Ginobili anotou 24 pontos e Nocioni marcou 20.

Enquanto a Argentina segue dando show e sendo uma das favoritas a ficar com uma medalha em Pequim, o Brasil ainda procura uma luz no fim do túnel.

Fotos: seleção da Argentina comemora o título do Diamond Ball e Manu Ginobili arrisca arremesso contra a Austrália
Crédito: Divulgação/Fiba



MaisRecentes

Vela do Brasil aposta em estrelas na largada para o ciclo de Tóquio-2020



Continue Lendo

Rudisha vai atrás de novo ouro em Tóquio. Conheça outros tricampeões no atletismo



Continue Lendo

Maldição do mata-mata acaba com sonho do Brasil no Mundial



Continue Lendo