Pequim-08: Michael Phelps deixa mitos do esporte olímpico para trás



Muito se falou, antes do início dos Jogos Olímpicos de Pequim, do desafio do nadador americano Michael Phelps em superar a histórica marca das sete medalhas de ouro obtidas por Mark Spitz em Munique-1972. Mas se faltam apenas três provas para atingir este feito, Phelps obteve nesta terça-feira um feito ainda mais significativo.

Ou alguém acha pouco o fato do americano ter se tornado, ao vencer os 200m borboleta e o revezamento 4 x 200m livre, o maior vencedor da história dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, somando até agora 11 ouros?

Phelps deixou para trás gente do nível do americano Carlos Lewis e do finlandês Paavo Nurmi (atletismo), a russa Larisa Latynina (ginástica artística) e o próprio Spitz (natação), todos com nove medalhas de ouro conquistadas.

E pelo visto, ele ainda vai derrubar muitas marcas…



MaisRecentes

Liberação da Fiba é o mais novo título mundial do basquete brasileiro



Continue Lendo

Herói olímpico dos EUA desafia escândalo sexual no Mundial de taekwondo



Continue Lendo

Com medalhista olímpico, Brasil estreia sábado no Mundial de taekwondo



Continue Lendo