Pequim-08: mará de azar no basquete brasileiro antes dos Pré-Olímpicos



Para quem é supersticioso, a quarta-feira só trouxe más notícias para o basquete brasileiro, que se prepara para as disputas dos Pré-Olímpicos Mundiais masculino e feminino.

Na seleção brasileira feminina, a ala/armadora Karen Gustavo sofreu uma lesão no menisco do joelho direito e foi cortada. Mesmo não sendo titular, trata-se de uma jogadora importante e com a vantagem de já ter disputado um Mundial (o de 2006, em São Paulo). Para seu lugar, foi chamada Jaqueline Silvestre, do Sport Recife.

A outra ausência, porém, é mais grave. O pivô Ânderson Varejão, do Cleveland Cavaliers, pediu dispensa da seleção masculina, que se apresenta neste domingo ao técnico espanhol Moncho Monsalve, para começar sua preparação para o Pré-Olímpico de Atenas.

Varejão não se recuperou de uma entorse no pé direito e uma lesão no quadríceps da perna direita, sofridos durante os playoffs da NBA. Como os médicos do Cleveland pediram que o brasileiro aumentasse seu tempo de recuperação, ele teve que pedir dispensa do Pré-Olímpico.

O problema é que sem Varejão, as opções da seleção masculina debaixo do garrafão começam a diminuir, ainda mais que a presença de Nenê Hilário ainda é incerta.

A coisa está ficando feia…



MaisRecentes

Brasil cumpre meta e torce por ‘sorteio camarada’ no pré-olímpico mundial



Continue Lendo

Derrota na estreia não muda o roteiro do Brasil no Pré-Olímpico de basquete



Continue Lendo

Entenda os caminhos do basquete feminino do Brasil para chegar a Tóquio-2020



Continue Lendo