Pequim-08: a esperança de medalha da natação brasileira é César Cielo



Os resultados do GP de Missouri de natação, encerrado nesta segunda-feira, foram bem esclarecedores para a turma que acredita na chance de Thiago Pereira brigar por uma medalha de ouro nas provas de 200 e 400m medley em Pequim, quando competirá contra ninguém menos do que Michael Phelps: se tem um nadador brasileiro com chance de um resultado histórico nas Olimpíadas, este atende pelo nome de César Cielo.

Ao conquistar duas medalhas de ouro na fortíssima competição nos EUA (50 e 100m livre), Cielo comprovou que os excelentes resultados no Pan-Americano do Rio não foram por acaso. É verdade que sua marca nos 50m (22s01) está distante do recorde mundial batido neste final de semana pelo australiano Eamon Sullivan (21s56), mas seus tempos indicam que um lugar no pódio não é algo improvável.

E Thiago Pereira? Marketing à parte, trata-se de um grande nadador. Mas os quase quatro segundos de diferença em relação a Phelps (4min14s08 contra 4min18s12 do brasileiro) dizem tudo. Phelps é de outro planeta e como Thiago é um simples terráqueo, brigar pela prata é seu grande objetivo. Gostem ou não os marqueteiros de plantão.

Crédito da foto: Sátiro Sodré/CBDA



MaisRecentes

Isaquias Queiroz vai aumentar sua coleção de medalhas no Mundial de canoagem?



Continue Lendo

Brasil estreia em mundiais de badminton e wrestling nesta segunda



Continue Lendo