O baiano que encantou a torcida canadense em Toronto



Isaquias Queiroz, durante a prova do C1 1000m, que lhe deu o ouro no Pan de Toronto. Crédito: COB

Isaquias Queiroz, durante a prova do C1 1000m, que lhe deu o ouro no Pan de Toronto. Crédito: COB

“Eu venho de uma cidade chamada Ubaitaba, na Bahia, um nome indígena que significa ‘Cidade da Canoa’. Talvez essa seja meu destino”

Canoísta Isaquias Queiroz, conversando com os jornalistas após um dia inesquecível para ele nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015, quando faturou a medalha de ouro na prova do C1 1.000 m e prata no C2 1000 m, ao lado de Erlon de Souza. Desde já, o baiano (campeão mundial no C1 500, prova não olímpica), se credencia como uma boa aposta brasileira nas Olimpíadas do Rio 2016.



MaisRecentes

O calote do Comitê Rio-2016 é uma vergonha que ficará para sempre



Continue Lendo

COI volta a se preocupar com os custos dos Jogos de inverno. Mas os de 2026



Continue Lendo

Pole dance, poker e pebolim (ou totó): mais novidades no programa olímpico?



Continue Lendo