Novo show de Bolt. E sem fazer força…



Ele nem precisou bater o recorde mundial dos 100m rasos, como fez de forma espetacular nos Jogos de Pequim. Mas a marca de 9s83 foi o bastante para que o jamaicano Usain Bolt vencesse nesta sexta-feira a prova válida pelo Grand Prix de Zurique, integrante da milionária Liga de Ouro (Golden League).

Além do habitual show que fez na largada, Bolt levou o estádio de Zurique ao delírio cruzando a linha de chegada com boa vantagem sobre o segundo colocado, o americano Walter Dix (9s99). E depois ainda esnobou: “Foi bom, mas meu início na prova não foi muito satisfatório. Eu estava concentrado em ganhar, mas comecei a sentir frio e não consegui mais pensar em um tempo mais rápido”.



  • Acho que o Bolt deveria ser obrigado a correr de costas. Pra dar graça.

MaisRecentes

Marcel como vice-presidente do COB seria uma ótima notícia



Continue Lendo

Esportes de PyeongChang-2018:
esqui cross country



Continue Lendo

Ressaca olímpica sem fim: maior equipe de atletismo do Brasil vai acabar este ano



Continue Lendo