NBB 2009/10: o dia de fúria de Mineiro



O fato ocorreu já última quarta-feira, mas ainda vale o registro. Simplesmente inacreditável o acesso de fúria que o pivô Mineiro teve durante um treino do Universo/BRB, ameaçando inclusive agredir o técnico Lula. O sujeito saiu de quadra xingando todos os companheiros, chamando-os de “amarelões” e ainda discutiu com o diretor do clube, Jorge Bastos. Resultado: o jogador teve seu contrato rescindido imediatamente. Tudo isso às vésperas do segundo jogo da decisão do NBB 2009/10, diante do Flamengo, nesta sexta-feira.

“Aqui todo mundo é machão. Lá no Rio todo mundo apanhou calado”, disse Mineiro, que depois disparou contra Lula. “Você já me f… na semifinal e vai me f… de novo”. Para Jorge Bastos, ele disse o seguinte: “Larga de ser duas caras. Você é um cara-dura. Você sabe quem é o câncer deste time. Não sou eu. Você fez uma reunião e disse que ele é o problema”, gritou Mineiro, acusando o dirigente de conspirar contra o técnico Lula.

Mineiro sempre foi um verdadeiro “fio desencapado”, tendo uma coleção de problemas dentro de quadra, com brigas contra adversários, policiais e desentendimentos com integrantes da comissão técnica. Ou seja, o cara é desequilibrado.

Mas sabe-se também que a convivência dentro do grupo do Universo não é das mais tranquilas, especialmente com o ala e capitão Alex, que também possuí um temperamento complicado.

Tudo isso somado faz com que o Flamengo caminhe firme rumo à conquista de mais um título nacional.

Foto: Mineiro (no centro) discute com o técnico Lula
Crédito: Correio Braziliense



MaisRecentes

Liberação da Fiba é o mais novo título mundial do basquete brasileiro



Continue Lendo

Herói olímpico dos EUA desafia escândalo sexual no Mundial de taekwondo



Continue Lendo

Com medalhista olímpico, Brasil estreia sábado no Mundial de taekwondo



Continue Lendo