NBB 2009: vitória do Flamengo foi da superação e não da organização



Vi apenas alguns momentos da quinta e última partida decisiva do NBB (Novo Basquete Brasil), entre Flamengo e Universo/Brasília, que teve o Rubro-Negro carioca como o grande campeão, ao vencer por 76 a 68. Foi o bicampeonato do Flamengo na história dos nacionais e ainda por cima o time carioca tornou-se o primeiro vencedor do NBB, torneio que foi organizado totalmente pelos clubes.

A festa foi bacana, a Arena Multiuso – que finalmente voltou a abrigar uma competição esportiva, depois de ficar um bom tempo recebendo apenas shows musicais – estava lotada, com mais de 15 mil pessoas…em resumo, foi um título totalmente merecido.

O que não se pode é querer mascarar a realidade. O triunfo do Flamengo neste domingo foi, por uma lado, a vitórioa da incompetência administrativa. É bom que ninguém se esqueça que o Rubreo-Negro quase desistiu de participar do NBB, por causa dos salários atrasados.

E mesm com os dirigentes tendo acertado alguns meses, a turma da Gávea ainda tem muito a receber. Sem falar que haverá um prêmio pela conquista do título.

O título do Flamengo foi merecido, o NBB surgiu como uma esperança de reerguimento do basquete, mas vamos com calma. Ainda há muito o que fazer para tirar a modalidade do buraco em que se meteu nos últimos anos.

E para quem chegou a ironizar o trabalho do técnico Paulo Chupeta, como este incauto blogueiro há pouco mais de um ano, só resta reconhecer que falou demais antes da hora e dar os parabéns ao treinador carioca.

Foto: divulgação NBB



  • Laguna,
    Tem gente que continua falando demais então… durante a cerimônia do NBB, o Moncho disse que quem deveria ter recebido o prêmio de melhor técnico era o Hélio Rubens. Ficou uma situação horrível. O Kouros até pediu o microfone para argumentar que era o melhor técnico da competição (rsrsrs).
    Abraços,
    Zé Eduardo

  • Zé, este espanhol é uma besta quadrada. Estamos bem de “coach”, viu? (rs)

    abs

MaisRecentes

Confira todas as medalhas do Brasil nos mundiais de esportes aquáticos



Continue Lendo

Uma Olimpíada em 13 cidades? Acredite, esse é o sonho da Alemanha



Continue Lendo