Mundial masculino da Turquia não terá vuvuzelas. Ainda bem



Quem acompanhou de perto a Copa do Mundo da África do Sul deve se lembrar (sem saudades, acredito) daquele barulho nada agradável, semelhante a um enxame de abelhas, presente em cada estádio, em cada partida: as irritantes e infames vuvuzelas.

Bem, com a proximidade do início do Mundial masculino de basquete da Turquia, a Fiba não quis correr o risco de tornar os ginásios escolhidos para abrigar o evento numa versão indoor dos estádios sula-fricanos. E em uma comunicado emitido na semana passada, anunciou que as malditas cornetas estão proibidas durante o Mundial.

“Nós queremos que os fã de basquete se divirtam e façam barulho, mas não correndo o risco de estragar a diversão de outras pessoas”, afirmou o secretário da Fiba, Patrick Baumann. “Torneios anteriores nos mostraram que podemos ter uma atmosfera de festa e apoio apaixonado mesmo sem a vuvuzela.”



MaisRecentes

Sonho de Budapeste para os Jogos de 2024 pode terminar nesta quarta-feira



Continue Lendo

Falta patrocínio no esporte brasileiro? O rúgbi não tem do que reclamar



Continue Lendo

Oscar Schmidt no All-Star da NBA alivia a depressão do basquete brasileiro



Continue Lendo