Mundial feminino de basquete: para a Fiba, Bassul é o técnico do Brasil



Atualizado em 18/09

Post publicado nesta terça-feira pelo Painel do Basquete Feminino, o melhor blog brasileiro sobre a modalidade, traz um erro crasso da Fiba na página oficial do Campeonato Mundial feminino de basquete, que começa no próximo dia 23, na República Tcheca.

Na página destinada à seleção brasileira, aparece como treinador da equipe o nome de Paulo Bassul e não o espanhol Carlos Colinas, o atual comandante da equipe nacional. Justamente Bassul, o treinador que enfrentou o humilhante processo de fritura por parte da CBB, em razão de seu desentendimento com a arrogante e indisciplinada Iziane, a mesma que teve o apoio do senador José Sarney em sua batalha para retornar à seleção brasileira, depois do vexame de se recusar a entrar em quadra no Pré-Olímpico Mundial de Madri, em 2008.

Obs: no sábado, dia 18/09, a Fiba já tinha se tocado da bobagem e corrigiu sua página. Confira neste link.



MaisRecentes

Pole dance, poker e pebolim (ou totó): mais novidades no programa olímpico?



Continue Lendo

Robert Scheidt desiste de Tóquio-2020 por família e falta de resultados



Continue Lendo