Mundiais seguem agitando agosto



O final do Mundial de atletismo, no último domingo, não encerrou o ciclo das grandes competições do esporte olímpico em 2017. Na realidade, o restante do mês de agosto continuará agitado com a realização de diversos mundiais. Em alguns, contudo, a participação do Brasil será tímida ou mesmo nula. Confira a lista abaixo e se programe para não perder nada.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook

Badminton

Apenas um brasileiro estará presente no Mundial de Glasgow (Escócia), a partir da próxima segunda-feira (21). Melhor jogador do país na história da modalidade e 38º no ranking da BWF (Federação Mundial de Badminton), Ygor Coelho vem cumprindo uma temporada excelente em 2017. Foram quatro semifinais em torneios do circuito internacional, entre eles o Aberto do Brasil, realizado em março, além do título do Pan-Americano, em abril.

Pentatlo moderno

Desfalcado da pernambucana Yane Marques, medalha de bronze na Olimpíada de Londres-2012, o Brasil não enviará representantes para disputar o Campeonato Mundial. O torneio será realizado na cidade do Cairo, no Egito, também a partir do próximo dia 21. Procurada pelo blog, a CBPM (Confederação Brasileira de Pentatlo Moderno) apenas confirmou que o Brasil não terá representantes no torneio, sem dar justificativa. Em ano sabático, Yane vem se dedicando ao cargo de secretária executiva de Esportes de Recife, mas diz que ainda não se aposentou do esporte.

Wrestling

Conhecido como luta olímpica no Brasil até a Olimpíada Rio-2016 e agora rebatizado com o nome internacional da modalidade, o wrestling terá seu Mundial marcado para começar na próxima segunda-feira, dia 21, em Paris (França). A CBW (Confederação Brasileira de Wrestling) anunciou na última semana a lista dos sete atletas convocados para a primeira grande competição no ciclo olímpico de Tóquio-2020.

No feminino, foram chamadas quatro atletas: Caroline Soares até 48kg; Lais Nunes até 63kg; Dailane Reis até 69kg e Aline Silva até 75kg (lembrando que Aline foi prata no Mundial de 2014). No masculino, serão três lutadores: no estilo greco-romano Diego Romanelli até 66kg; Joílson Júnior até 71kg e Ângelo Moreira até 75kg.

As datas das lutas dos brasileiros também já estão definidas, com as eliminatórias começando às 5h e as finais às 14h (horário de Brasília):
Dia 21 – Ângelo Moreira até 75kg
Dia 22 – Diego Romanelli até 66g e Joílson Júnior até 71kg
Dia 23 – Lais Nunes até 63kg e Aline Silva até 75kg
Dia 24 – Caroline Soares até 48kg e Dailane Reis até 69kg

Canoagem velocidade

Com a presença do incrível Isaquias Queiroz, dono de três medalhas na Rio-2016, o Brasil disputará o Campeonato Mundial de Racice, na República Checa, a partir do dia 23. No total, a equipe será composta por oito atletas. A equipe será anunciada nesta quarta-feira (16) pela CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem).

Boxe

O Mundial masculino começará no dia 25, na cidade de Hamburgo (Alemanha). Com uma equipe composta por cinco atletas, o Brasil já está na Europa, realizando um período de aclimatação na cidade alemã de Hennef. O grupo brasileiro vem treinando ao lado de lutadores dos Estados Unidos, Rússia, Mongólia, Alemanha, Irlanda, Holanda e Guatemala. O Mundial terá a participação de 280 lutadores.

Confira a lista de lutadores brasileiros convocados para o Mundial:

Wanderson Oliveira – leve (60kg)
Joedison Teixera – meio médio ligeiro (64kg)
Jhonatan Soares – meio médio (69kg)
Michel Borges – meio pesado (81kg)
Juan Nogueira – pesado (91kg)

Judô

Por fim, o último Mundial olímpico do mês de agosto será aquele no qual o Brasil tem mais esperanças de medalha, o de judô, previsto para acontecer na cidade de Budapeste (Hungria), a partir do dia 28. Na última semana, a Seleção Brasileira encerrou sua fase de preparação em Pindamonhangaba. A equipe embarcará dia 20 para a França, onde fará aclimatação antes de seguir para Budapeste.

A equipe de 18 judocas (nove no feminino e nove no masculino) é composta por alguns estreantes e também por sete medalhistas em Mundiais. A única mudança em relação à lista anunciada no final de junho foi a entrada de Sarah Menezes na categoria meio-leve (até 52 kg), ocupando a vaga de Mariana Silva (63 kg), cortada por lesão no joelho.

Confira a lista dos convocados do Brasil para o Mundial de Budapeste:

FEMININO

48kg – Stefannie Arissa Koyama
52kg – Érika Miranda
52kg – Sarah Menezes
57kg – Rafaela Silva
63kg – Ketleyn Quadros
70kg – Maria Portela
78kg – Mayra Aguiar
78kg – Samanta Soares
+78kg – Maria Suelen Altheman

MASCULINO

60kg – Eric Takabatake
60kg – Phelipe Pelim
66kg – Charles Chibana
73kg – Marcelo Contini
81kg – Victor Penalber
81kg – Eduardo Yudi Santos
100kg – Luciano Corrêa
+100kg – David Moura
+100kg – Rafael Silva

COMPETIÇÃO POR EQUIPES
73kg – Eduardo Katsuhiro Barbosa
90kg – Eduardo Bettoni
+78kg – Beatriz Souza

 



MaisRecentes

Hipismo ensaia novidades para Tóquio-2020. Até onde irá a revolução olímpica?



Continue Lendo

Saiba porquê o levantamento de peso corre risco de ser cortado das Olimpíadas



Continue Lendo

Ciclistas olímpicos brasileiros participam de festival em São Paulo



Continue Lendo