Michelle Splitter deixa o basquete de luto



O basquete brasileiro está de luto novamente. Pouco mais de um mês da morte de Rosa Branca, um dos heróis da conquista do primeiro título mundial do Brasil, nesta segunda-feira veio a notícia de que a jovem pivô Michelle Splitter, de apenas 18 anos, ex-integrante da seleção brasileira sub-17, perdeu a batalha contra a leucemia e morreu nesta segunda-feira, em Campinas.

A notícia, divulgada através do blog do Luciano Silva, da ESPN Brasil, pegou a todos de surpresa. Michelle – irmã do também pivô Tiago Splitter, da seleção brasileira e do Tau Ceramica, da Espanha – retornou às quadras há quase dois anos, após superar a doença. Uma recaída recente, porém, a fez abandonar as quadras. Mesmo submetida a um transplante de medula óssea há poucos dias, Michelle não resistiu.

Uma notícia triste demais.

Crédito da foto: Divulgação CBB



MaisRecentes

Hora da parada técnica



Continue Lendo

Vem aí um novo ídolo do esporte brasileiro: Hugo Calderano



Continue Lendo