Blogs Lance!

Laguna Olímpico

Confira todas as medalhas do Brasil nos mundiais de esportes aquáticos



Atualizado em 22/7/2019

O incansável Nicholas Santos, aos 39 anos, voltou a fazer história para a natação do Brasil em Mundiais de Esportes Aquáticos. Nesta segunda-feira (22), ele ficou com a medalha de bronze na prova dos 50 m borboleta, em Gwangju, na Coreia do Sul. Com isso, o Brasil soma 40 medalhas na história da participação do pais nos Mundiais de Esportes Aquáticos.

+ O blog está no Twitter. Clique e siga para acompanhar
+ Curta a página do blog Laguna Olímpico no Facebook
+ O blog também está no Instagram. Clique e siga

Foi o terceiro pódio seguido de Nicholas, que só participou deste Mundial por um convite da Fina (Federação Internacional de Natação). Esta foi também a primeira medalha da natação neste Mundial. As conquistas anteriores foram na maratona aquática, com Ana Marcela Cunha.

Confira todas as medalhas do Brasil nos Mundiais de esportes aquáticos:

 

MEDALHA DE OURO

Ricardo Prado – natação/400m medley – Guayaquil (Equador)/1982
Cesar Cielo – natação/50m livre – Roma (Itália)/2009
Cesar Cielo – natação/100m livre – Roma (Itália)/2009
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/25km – Xangai (China)/2011
Cesar Cielo – natação/50m borboleta – Xangai (China)/2011
Felipe França – natação/50m peito – Xangai (China)/2011
Cesar Cielo – natação/50m livre – Xangai (China)/2011
Poliana Okimoto – maratona aquática/10km – Barcelona (Espanha)/2013
Cesar Cielo – natação/50m borboleta – Barcelona (Espanha)/2013
Cesar Cielo – natação/50m livre – Barcelona (Espanha)/2013
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/25 km – Kazan (Rússia)/2015
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/25 km – Budapeste (Hungria)/2017
Etiene Medeiros – 50 m costas – Budapeste (Hungria)/2017
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/ 5 km – Gwangju (Coreia do Sul)/2019
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/25 km – Gwangju (Coreia do Sul)/2019

MEDALHA DE PRATA

Felipe França – natação/50m peito – Roma (Itália)/2009
Poliana Okimoto – maratona aquática/5 km – Barcelona (Espanha)/2013
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/10km – Barcelona (Espanha)/2013
Ana Marcela Cunha, Allan do Carmo e Diogo Villarinho – maratona aquática/ equipe 5 km – Kazan (Rússia)/2015
Nicholas Santos – 50 m borboleta – Kazan (Rússia)/2015
Etiene Medeiros – 50 m costas – Kazan (Rússia)/2015
Thiago Pereira – 200 m medley – Kazan (Rússia)/2015
Cesar Cielo, Bruno Fratus, Gabriel Santos e Marcelo Chiereghini – 4 x 100 m livre – Budapeste (Hungria)/2017
Nicholas Santos – 50 m borboleta – Budapeste (Hungria)/2017
João Gomes Júnior – 50 m peito – Budapeste (Hungria)/2017
Bruno Fratus – 50 m livre – Budapeste (Hungria)/2017

MEDALHA DE BRONZE

Rômulo Arantes Jr – natação/100m costas – Berlim (Alemanha)/1978
Gustavo Borges – natação/100m livre – Roma (Itália)/1994
Fernando Scherer, André Teixeira, Teófilo Ferreira e Gustavo Borges – natação/revezamento 4x100m livre – Roma (Itália)/1994
Poliana Okimoto – maratona aquática/5km – Roma (Itália)/2009
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/5km – Barcelona (Espanha)/2013
Poliana Okimoto, Allan do Carmo e Samuel de Bona – maratona aquática/prova por equipe  – Barcelona (Espanha)/2013
Felipe Lima – natação/100m peito – Barcelona (Espanha)/2013
Thiago Pereira -natação/200m medley – Barcelona (Espanha)/2013
Thiago Pereira – natação/400m medley – Barcelona (Espanha)/2013
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/10 km – Kazan (Rússia)/2015
Bruno Fratus – natação/ 50 m livre – Kazan (Rússia)/2015
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/10 km – Budapeste (Hungria)/2017
Ana Marcela Cunha – maratona aquática/5 km – Budapeste (Hungria)/2017
Nicholas Santos – natação/50 m bobolete – Gwangju (Coreia do Sul)/2019



MaisRecentes

Pan começa nesta quarta-feira e Peru não esconde seu orgulho



Continue Lendo

Com ‘estrangeiras’, handebol feminino do Brasil define equipe para o Pan de Lima



Continue Lendo

Autor

Marcelo Laguna

É jornalista desde 1984, quando fez a cobertura dos Jogos Olímpicos de Los Angeles dos estúdios da Rádio Gazeta, em São Paulo. Desde então, participou da cobertura de todas as Olimpíadas, sendo quatro delas “in loco”: Atlanta 1996, Sydney 2000, Londres 2012 e Rio 2016. Cobriu também dois Jogos Pan-Americanos (1995 e 1999) e diversos Mundiais de basquete e outras competições de esportes olímpicos. Fez parte do grupo fundador do Lance!, onde trabalhou como editor entre 1997 e 2000 e entre 2015 e 2016. Trabalhou também na revista Placar, Gazeta Esportiva, Diário Popular, site SportsJá!, portal iG, Diário de São Paulo, Revista Veja e Folha de S. Paulo

mlaguna63@gmail.com

@MarceloLaguna