Leandrinho também abandona a barca furada da seleção masculina de basquete



O último que apague a luz na seleção brasileira masculina de basquete. Depois do pedido de dispensas de cinco atletas, entre eles Nenê Hilário e Ânderson Varejão (veja aqui), nesta terça-feira foi a vez do armador Leandrinho avisar que não irá disputar o Pré-Olímpico Mundial de Atenas, em julho. O motivo é uma tendinite patelar no joelho direito do atleta, diagnosticada em exames feitos nos EUA.

No lugar de Leandrinho, o técnico espanhol Moncho Monsalve convocou Fúlvio, do Paulistano, que estava integrando a seleção B, que se prepara para disputar o Sul-Americano.

Cada vez mais a tese de boicote, defendida pelo ex-ala Oscar Schmidt (reveja aqui) faz sentido…



MaisRecentes

Basquete masculino brasileiro bebe na fonte certa para tentar se reerguer da crise



Continue Lendo

O calote do Comitê Rio-2016 é uma vergonha que ficará para sempre



Continue Lendo

COI volta a se preocupar com os custos dos Jogos de inverno. Mas os de 2026



Continue Lendo